Terça-feira, 23 de Setembro de 2014
TODAS AS NOTÍCIAS
Cascavel

PARENTES ESTÃO INDIGNADOS 11/04/2013 16h26 | Atualizado em 12/04/2013 07h53

Via Catve

Menina morta por mãe e padrasto é velada em Cascavel

Rafaela Trates de apenas cinco anos de idade foi morta e jogada dentro de uma fossa. A mãe e o padrasto confessaram a autoria do crime.

  • O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente

Na rua tranquila do bairro Tarumã, onde até pouco tempo Rafaela Trates brincava com outras crianças, a manhã foi de grande movimento e comoção. Na casa dos tios da mãe da pequena o corpo foi velado e reuniu na triste despedida, vizinhos, amigos e familiares. Todos muito abalados, os parentes não conseguem entender o que houve ou o que levou o casal a praticar o crime com tamanha violência.

Sobre o caixão, marcada por lágrimas uma foto, a última lembrança do que um dia foi uma criança alegre, feliz.

Mesmo muito emocionadas duas irmãs de Gilmar, padrasto de Rafaela, falaram com a reportagem. Uma delas Terezinha que por um tempo cuidou da criança, presenciou várias vezes marcas roxas por todo o corpo e que a mãe tentava esconder com roupas cumpridas. A irmã de Gilmar conta que era ameaçada por ele, caso fosse denunciado pelas agressões. "Eu via ela espancada, roxa. Eu briguei com ele, falei que isso não era papel que um homem faça com uma criança. Ele falou que matava eu ou meus filhos se eu falasse alguma coisa".

Outra irmã conta que desde pequeno Gilmar era problemático e que sempre agiu com muita violência contra os familiares. Arrasadas as irmãs já não consideram mais Gilmar como um membro da família e contam com a condenação dele e de Vani. "É um monstro. Ele era meu irmão hoje não é mais, ele é um monstro".

No rosto expressões sem sentimentos de culpa, remorso ou tristeza. Assim foi vista ontem pela TV a mãe que alegava o desaparecimento da filha de apenas 5 anos. A principio a mulher disse que tinha doado a filha a uma senhora e que depois disso não tinha mais visto a pequena. "Eu tinha brigado com meu marido e dei ela para uma pessoa na esquina onde eu deixava a Rafaela para ir na escola. Percebeu que eu não estava legal e me pediu a menina e eu dei".

A história contada pela mulher e pelo padrasto não convenceu e quatro horas depois que o caso se tornou público anunciava uma reviravolta. Aquela que devia proteger, amparar e amar a filha, havia cometido a mais bárbara atrocidade junto com o amásio que depois de ser levado a carceragem da 15ª SDP foi agredido pelos colegas de cela que também receberam a informação do crime com indignação. Ele foi levado ao Hospital Universitário onde foi atendido e liberado no final da tarde da manhã de hoje para realizar exames no IML.

No final da tarde de ontem (10) o corpo da menina foi encontrado por Bombeiros dentro de uma fossa, próximo da casa onde moravam. Quem reconheceu o corpo envolto a um cobertor verde foi o tio Valdomiro Trates.

Em depoimento na tarde desta quarta-feira (10), Vani e Gilmar confessaram o crime. Vani disse que Gilmar matou a pequena por espancamento na casa do casal. Eles enrolaram o corpo no cobertor e jogaram no poço.

Agora os dois que já estão sob poder da Polícia Civil serão levados a carceragem da 15ª SDP e devem responder por homicídio e ocultação de cadáver.

CLIQUE AQUI Para assistir a uma entrevista exclusiva com a mãe e o padrasto da menina.


COMENTE ESTA NOTÍCIA

Para comentar é necessário estar logado.
Clique aqui para fazer login

Ao enviar seu recado você concorda com os Termos de Uso deste espaço.

  • Unixerox
  • Café com Pão
  • Sejetel
  • Hanauer
  • Mimos
  • Casa da Sogra
  • Princesa auto princesa
  • Rondon Placas
  • O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente
  • O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente
  • O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente
  • O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player. Clique aqui para fazer o download da versão mais recente