ESPORTES

Escolinhas de futsal da AACC encerram suas atividades do ano de 2016 com 30 anos de história

São realizados os treinos em três locais diferentes, que juntos atendem cerca de 400 crianças e adolescentes, incluindo times femininos

Mal. Cândido Rondon
FUTSAL | 15/12/2016 17h05

Escolinhas de futsal da AACC encerram suas atividades do ano de 2016 com 30 anos de história (Foto: Divulgação )

As escolinhas de Futsal da AACC -Associação Atlética Cultural Copagril- encerraram no último fim de semana as suas atividades de treino para crianças e jovens do ano de 2016.

Os atletas mirins de Marechal Cândido Rondon realizaram jogos amistosos entre si durante a manhã do último sábado (10), além de realizarem torneio de pênaltis com entrega de medalhas. Já os atletas de Iguiporã e Porto Mendes realizaram jogos amistosos juntamente com a Escola de Futsal Vila Gaúcha, de Marechal Cândido Rondon.

Trinta anos de projeto social

A escolinha de futsal da AACC é um projeto social elaborado pela Associação no qual crianças e adolescentes tem oportunidade de treinar a modalidade de futsal gratuitamente, e que no ano de 2016 completou trinta anos de atividades.

São realizados os treinos em três locais diferentes, que juntos atendem cerca de 400 crianças e adolescentes, incluindo times femininos.

Os treinos são realizados na AACC de Marechal Cândido Rondon sob a coordenação dos treinadores Karl Schimdt, Carlos Eduardo Durcks e Carlos Moraes, em Porto Mendes pelo treinador Ademir Biesdorf e no distrito rondonense de Iguiporã por Gean Model.

Segundo Karl Schmidt, que é treinador das equipes de base desde o início do projeto, a AACC e a Copagril colaboram com a sociedade e ajuda na formação pessoal dos jovens. “Este projeto afasta das ruas centenas de crianças e adolescentes, fazendo assim com que se torne mais difícil o acesso ao mundo das drogas, bebidas e furtos. As escolinhas incentivam o prazer pela prática esportiva e os cuidados com a saúde, o desenvolvimento social, a relação com vitórias e derrotas e a valorização de princípios como a cidadania, o respeito e a disciplina. Trabalhamos nos treinos não só o futsal em si, mas ajudamos as crianças a terem mais paciência e sabedoria, além de darmos diversão à elas praticando um esporte que gostam.” destaca Karl.

O treinador comenta também sobre a oportunidade que as crianças têm por meio dos treinos. “Além dos benefícios sociais proporcionados pelas escolinhas da AACC, os alunos que participam também têm oportunidade até de ingressar em times profissionais, já que os alunos que levam a sério os treinos e se destacam nas competições possuem chances de progredir para a equipe profissional, como é o caso do atleta Rafinha Muller, que iniciou nas categorias de base da Copagril aos 6 anos de idade, subiu para a equipe profissional e hoje é um dos destaques da equipe do Concórdia de Santa Catarina”, destaca o treinador.

Retorno

A previsão da volta dos treinamentos é para o início de fevereiro do próximo ano, mês em que as crianças de todas as idades iniciam a disputa da Copa Difusora de Futsal, campeonato onde vários times de base de várias cidades da região jogam em busca do título principal.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp