POLICIAL

Polícia Ambiental apreende pássaros silvestres presos no cativeiro em Palotina

Os pássaros apreendidos foram encaminhados pelos militares ao Hospital Veterinário da UFPR


Após denúncia | 16/02/2017 08h33

Pássaros apreendidos (Foto: Divulgação )

Na manhã desta quarta-feira (15), a Polícia Ambiental de Cascavel esteve em Palotina para averiguar uma denúncia, sobre pássaros silvestres em cativeiro.

Ao chegar ao município os militares se deslocaram, juntamente com os PMs de Palotina, ao endereço informado, Bairro Residencial Palotina, e lograram êxito em apreender uma grande quantidade de aves, as quais estavam presas em cativeiros.

Ao chegar na residência os militares encontraram 37 gaiolas, penduradas em arvores e mais 22 duas delas no local de trabalho do denunciado, totalizando assim 59 pássaros, sendo: dois Azulões, vinte sete Trinca-ferros, quatro Sabias Laranjeira, quatro Cardeais, dois Corrupiões, cinco Pássaros Pretos, dois Bicudos, duas Coleirinhas, um Tico-Tico e dez Curiós, estes presentes na lista vermelha de aves em extinção no estado do Paraná.

Diante da situação a esposa do denunciado foi conduzida, juntamente com os pássaros ao Pelotão da Polícia Militar, para a lavratura do Termo Circunstanciado de infração penal. Posteriormente compareceu ao Pelotão, o denunciado acompanhado de seu advogado e assumiu a propriedade das aves.

Os pássaros apreendidos foram encaminhados pelos militares ao Hospital Veterinário da UFPR -Universidade Federal do Paraná- de Palotina, para serem avaliadas. Após o laudo técnico será realizada a soltura das aves ao seu habitat natural ou o encaminhamento para viveiros conservacionistas autorizado.

As medidas administrativas ficarão a cargo do instituto ambiental do Paraná

Com informações de Palotina Press


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp