ESPORTES

Apresentado no Boa Esporte, Bruno ignora perguntas sobre o caso Eliza

Goleiro é o novo reforço do clube mineiro

Geral
FUTEBOL | 14/03/2017 10h22

Apresentado no Boa Esporte, Bruno ignora perguntas sobre o caso Eliza (Foto: ESPN )

 

O goleiro Bruno foi apresentado como novo reforço do Boa Esporte Clube em coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira (14) em um hotel em Varginha, Minas Gerais. 

Acompanhado do presidente do clube, Rone Moraes, o jogador se negou a responder diversas perguntas que fugissem da área da esportiva e focou em falar sobre o início da sua nova trajetória. 

"Não vou responder essa pergunta", disse, ao ser questionado se merecia vestir novamente a camisa de um time de futebol após ser condenado pelo assassinato de Eliza Samúdio.

Bruno ainda revelou que não tem medo de voltar a ser preso e que sonha em ser chamado para a seleção brasileira.

"Estou muito feliz pela oportunidade dada. Eu venho me preparando há alguns anos. As pessoas correm de mim pelo o que aconteceu no passado. O Boa está abrindo as portas. Estou muito feliz, motivado. Agradeço a vocês por estar aqui. Deus está abrindo as portas para a gente. Tenho certeza que é Deus", declarou. 

Apesar das inúmeras críticas de torcedores, ele disse que o apoio da família fez com que decidisse retornar ao futebol. "Pessoas, como minha esposa, não aceitavam de forma alguma que eu encerrasse a carreira. Ela foi quem mais me motivou", comentou. 

Segundo Bruno, o objetivo agora é retomar a forma física e técnica. "A primeira coisa a fazer é me preparar para jogar. Deus vai guiar meus passos. Enfim, tenho de acreditar em mim mesmo", falou. 

Ainda hoje o goleiro segue para o CT para realizar exames e iniciar a preparação física. 

Desde quando anunciou a contratação de Bruno, o Boa Esporte três dos seus principais patrocinadores e também sua fornecedora de material esportivo, a Kanxa. Além disso, o site oficial do clube chegou a ser hackeado e teve informações sobre partidas substituídas por dados sobre feminicídio e questionamentos da associação das empresas ao jogador.

Com informações de CATVE


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp