POLICIAL

Assassino de rainha da bateria de escola de samba do Rio Grande do Sul é preso durante Operação Fronteira Blindada em Guaíra

Policiais Militares do BPFron realizaram a prisão

Guaíra
preso | 07/04/2017 09h57

Policiais Militares do BPFron realizaram a prisão (Foto: Divulgação )
Harri mecanica

Na tarde desta quinta-feira (6), por volta das 15h20, policiais militares do BPFron -Batalhão de Polícia de Fronteira-, localizaram e prenderam um jovem suspeito de ter cometido o crime de latrocínio em desfavor da rainha da bataria da atual escola campeã do carnaval de Porto Alegre – RS.

 No âmbito da Operação Fronteira Blindada, realizada na cidade de Guaíra, policiais do BPFron avistaram duas pessoas em atitudes suspeitas em frente a uma residência abandonada nas imediações do Bairro Vila Velha.

 Frente a suspeição, policiais deram voz de abordagem aos presentes, que correram em direção da referida casa onde foram devidamente abordados.

 Ao consultarem os nomes dos envolvidos no sistema policial, os militares verificaram que ambos constavam no banco de dados da Polícia Militar, porém um deles possuíam em seu desfavor, um mandado de prisão em aberto, o qual foi expedido pela Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, Comarca de Cachoeirinha, pelo crime de latrocínio, ocorrido no mês de fevereiro contra a pessoa de Paola Serpa Severo, 33 anos, Rainha da Bateria da atual escola campeã do Carnaval de Porto Alegre – RS, Imperatriz Dona Leopoldina.

 Na residência foram encontrados ainda dois cigarros de substância análoga à maconha, uma porção de 49,7 gramas do mesmo entorpecente e uma munição de calibre 38.

 Diante dos fatos, o gaúcho de 24 anos, natural de Bento Gonçalves – RS, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Guaíra para as providências da autoridade judiciária.


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp