COTIDIANO

Caixa abre mais cedo até quarta-feira para saque de contas inativas do FGTS

As que abrem às 10 horas atenderão a partir das 8 horas

Mal. Cândido Rondon, Geral
FGTS | 10/04/2017 16h35

Caixa abre mais cedo até quarta-feira para saque de contas inativas do FGTS (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil )

Desta segunda-feira (10) até quarta-feira (12), todas as agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo para atendimento de trabalhadores que precisam sacar ou tirar dúvidas sobre as contas inativas do FGTS -Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

As unidades, que normalmente começam a funcionar para o público às 11 horas, vão operar a partir das 9 horas. As que abrem às 10 horas atenderão a partir das 8 horas e as que normalmente começam as atividades às 9 horas vão funcionar a partir das 8 horas, com fechamento uma hora mais tarde.

A orientação do banco é de que o trabalhador, ao procurar a agência, leve a Carteira de Trabalho e o termo de rescisão do contrato. Os que vão sacar no autoatendimento devem prestar atenção à mensagem que aparece no terminal, para o caso de ter mais de uma conta inativa.

Em todo o país, de acordo com a Caixa, são 3.412 agências com horário especial nos primeiros dias da segunda etapa de pagamento. Não terão horários especiais os 837 postos de atendimento que ficam no interior de repartições públicas e as oito unidades móveis (caminhões), por não serem caracterizados como agência.

Desde sábado (8), 7,7 milhões de brasileiros nascidos em março, abril e maio podem sacar os recursos das contas inativas do FGTS. O valor total disponível para esta fase chega a R$ 11,2 bilhões e equivale a 26% do total disponível. Esses trabalhadores têm até 31 de julho para fazer o saque, caso não recebam automaticamente em conta.

A Caixa lembra que apenas o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até o dia 31 de dezembro de 2015 tem contas inativas aptas a serem sacadas.

Com informações de Agência Brasil


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp