COTIDIANO

Rotary Guarani retoma projeto Tricotando pela Vida

A ação visa arrecadar novelos de lã ou peças prontas para doação

Mal. Cândido Rondon
PROJETO | 17/04/2017 13h16

O outono começou meio tímido, mas mostrando que vem por aí uma época mais chuvosa e levemente mais fria e é nesse período que luvas, toucas e cachecóis começam a sair do armário.

Porém não é todo mundo que pode sair por aí comprando diversos modelos desses acessórios ou mesmo apenas um. Por isso, o Rotary Club de Marechal Cândido Rondon Guarani retoma a campanha Tricotando pela Vida.

O projeto tem como objetivo arrecadar novelos de lã para confecção destes acessórios ou a doação de peças prontas. Posteriormente, eles serão doados para idosos do Asilo Lar Rosas Unidas, de Marechal, e para pacientes do Hospital do Câncer (Uopeccan), de Cascavel.

Mentora do projeto, Josiane Wiedmer, conta que a ideia surgiu de uma conversa com pessoas que têm contato com pacientes da Uopeccan.

“Eles sentem muito frio, devido à fragilidade e sensibilidade durante o tratamento. Como sabemos que há muitas pessoas com o dom e habilidade em confeccionar peças artesanais, pensamos neste projeto, em que podemos envolver a comunidade, seja com a doação de novelos de lã, peças já prontas ou, ainda, com a mão de obra. A base do projeto são toucas, gorros e cachecóis, mas também poderão ser doadas outras peças artesanais, como blusas e meias de lã”, explica Josiane.

Na primeira edição do projeto, em 2016, as arrecadações ultrapassaram o esperado, com 346 peças doadas. Logo, as expectativas para este ano são positivas.

Sobre o motivo de optar por peças confeccionadas à mão, Josiane explica. “Pensamos que, assim como as peças artesanais, as pessoas, também são únicas e exclusivas e necessitam de atenção, dedicação, carinho e amor. Alguns doam novelos de lã, outros doam seu talento e juntos doamos amor.”

A arrecadação segue até dia 30 de maio. Quem deseja doar, pode levar os novelos de lã ou as peças prontas para os pontos de coleta: Loja Silva, Sandra's Confecções, Farmácia Ouro Verde e Tricoarte, ou procurar os sócios dos clubes de Rotary da cidade, que também estão aptos a recebê-los.  

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp