POLICIAL

Polícia Civil identifica suspeitos envolvidos em assaltos ocorridos em Marechal Rondon

Segundo as investigações, seriam dois grupos distintos agindo no roubo de caminhonetas

Mal. Cândido Rondon
Nota oficial | 21/04/2017 11h24

Suspeitos procurados pela prática de assaltos em Marechal Cândido Rondon (Foto: Divulgação/Polícia Civil )

Através de nota oficial, a Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon divulgou na manhã desta sexta-feira (21), informações referentes aos crimes de roubo ocorridos na Comarca de Marechal Cândido Rondon nos últimos dias. Nos assaltos, criminosos subtraíram, mediante violência e grave ameaça, veículos de alto valor, na maior parte das vezes caminhonetes, e levaram as vítimas, juntamente com os veículos, a lugares desabitados, onde geralmente um elemento do bando ficava restringindo a liberdade das vítimas, enquanto os demais comparsas atravessavam o veículo para o Paraguai.

Dois grupos

As investigações, conduzidas pela Polícia Civil, demonstraram que, apesar dos crimes estarem acontecendo da mesma forma, com os bandidos utilizando-se do mesmo “modus operandi”, tratavam-se de dois grupos distintos.

Um deles foi responsável pelo cometimento do último roubo, do dia 16 de abril, quando, após perseguição pela Polícia Militar, acabaram colidindo o veículo, sendo que no interior do mesmo encontravam-se dois elementos que acabaram sendo presos em flagrante delito. O terceiro indivíduo, que dava cobertura em uma motocicleta e que seria o que ficou com a vítima em seu poder, foi identificado pela Polícia Civil como Valdemar Ullrich de Oliveira, considerado foragido, pois consta em seu desfavor mandado de prisão expedido pela justiça local.

O segundo grupo, demonstrado pelas investigações e pela colheita de provas pela equipe de Investigação da Unidade Policial, foi responsável por pelo menos dois roubos, acontecidos nas datas 11 e 14 de abril. Um aconteceu numa empresa localizada na BR163 na cidade de Mercedes e o outro numa residência localizada na Rua Mato Grosso, em Marechal Cândido Rondon, respectivamente.

Investigações apuraram que essa associação criminosa agia com um veículo Fiat/Strada, cor prata, posteriormente abandonado no distrito de Oliveira Castro. Esse grupo criminoso vinha da cidade de Guaíra para praticar os crimes na região de Marechal Rondon.

Após a identificação de pelos menos três suspeitos, dos quatro elementos que praticaram os crimes, a Polícia Civil solicitou à justiça mandados de prisão em desfavor dos investigados. Já foram expedidos esses mandados, e os suspeitos já são considerados foragidos. Eles foram identificados como Alexandre de Souza Romão, Mauro Sérgio Bezerra de Lima e Rafael Cordeiro Ponce.

Investigações prosseguem

A Polícia Civil esclarece que desde o momento dos fatos criminosos, empreendeu diligências no sentido de apurar a autoria dos crimes, e não divulgou informações anteriores, pelo fato do trabalho investigativo ser um trabalho sigiloso, procurando, no caso concreto, identificar o maior número de criminosos pertencentes aos grupos.

Os trabalhos investigativos não estão findos, procura-se, ainda, dentre alguns suspeitos, confirmar a identidade do quarto elemento pertencente ao segundo grupo criminoso.

Procurados

Diante da gravidade dos crimes investigados, e da expedição dos mandados de prisão em desfavor dos investigados, a Polícia Civil divulga as identidades dos foragidos, para que todas as Forças de Segurança possam trabalhar em conjunto a fim de efetuar a prisão o quanto antes desses elementos. A população tendo quaisquer informações do paradeiro desses indivíduos também pode entrar em contato com a Polícia e denunciá-los.

Apoio

Por outro lado, a Polícia Civil agradece o apoio incondicional da Polícia Militar e do BPFron, nas questões da segurança pública da Comarca, bem como a troca de informações, que facilitam os trabalhos investigativos realizados pela Polícia Civil, necessárias para a elucidação dos fatos criminosos.


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp