COTIDIANO

Novos avanços são obtidos no Plano Municipal de Educação de Pato Bragado

Próximo passo será encaminhar o relatório dos resultados à comissão coordenadora e ao Conselho Municipal de Educação de Pato Bragado

Pato Bragado
Plano Municipal de Educação | 07/07/2017 17h08

Equipe técnica em mais uma etapa de avaliação do Plano Municipal de Educação (Foto: Marili Besso )

Mais uma etapa de avaliação do Plano Municipal de Educação foi realizada na manhã desta sexta-feira (07), na Escola Municipal Marechal Deodoro de Pato Bragado pela equipe técnica de monitoramento do mesmo.  

No país um grande movimento está em curso para que o Plano Nacional de Educação (PNE) se concretize, garantindo direitos constitucionais. Os planos foram elaborados em 2015, em uma ação inédita no Brasil. Todos, mesmo que bem elaborados, precisam ser monitorados e avaliados.

Em Pato Bragado os trabalhos de avaliação do Plano Municipal de Educação iniciaram no último ano e contaram com a participação de diferentes segmentos da sociedade.

De acordo com o membro da equipe técnica, Gilson Leske, o monitoramento consiste num esforço constante, não somente para que as metas sejam avaliadas e cumpridas, mas também para refletir sobre o panorama da educação do município, destacando seus pontos positivos, limites e possibilidades.

Gilson informa que a partir dos estudos realizados pela equipe técnica, elaborou-se um relatório, onde estão apontados os resultados obtidos, até então, pelo município. “Este processo de monitoramento contínuo e avaliação periódica deve significar uma oportunidade de melhorar a qualidade técnica do diagnóstico, ampliar a participação social e qualificar, ano a ano, a execução das metas para melhoria da qualidade e equidade da educação”, ressalta.

O próximo passo do processo de monitoramento é encaminhar o relatório à comissão coordenadora, composta pela secretária de Educação e Cultura, Cristiane Bonatto e ao Conselho Municipal de Educação de Pato Bragado.

 

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp