ESPORTES

Morador de Santa Helena que teve câncer vende máquina de lavar para ver a Liga Mundial

Elvis Kochen jogava vôlei amador, até que um câncer na face o deixou sem audição e com dificuldades nos movimentos


Superação | 09/07/2017 10h15

A Liga Mundial de Vôlei disputada essa semana na Arena da Baixada, em Curitiba, foi especial para um morador de Santa Helena, que celebra 10 anos da luta que travou contra um câncer. Elvis Kochen, que jogava vôlei em competições amadoras, superou uma série de dificuldades físicas e financeiras para ver os ídolos de perto.

O câncer na face que teve o deixou sem audição e com dificuldades para caminhar.

Para vencer os 600 quilômetros de distância entre a cidade natal e a capital, ele precisou economizar boa parte do salário mínimo que recebe mensalmente com a aposentadoria, além de vender a máquina de lavar roupas, para poder pagar os ingressos da Liga Mundial.

Neste sábado, todo o esforço parece ter valido a pena. Além de poder assistir a final, ele conseguiu conhecer dois ídolos do vôlei: o ponteiro Lipe, que está afastado por contusão e o campeão olímpico do vôlei de praia, Emanuel Rêgo.

Dentro da quadra, ele conseguiu até mesmo largar a bengala e se equilibrar por alguns segundos, lembrando de movimentos que fazia quando jogava vôlei.

O encontro com Emanuel rendeu ainda mais emoção. O campeão olímpico presenteou o fã com uma camisa autografada, de um uniforme usado no início da carreira.

Elvis diz que o presente será guardado com muito carinho.

A história de Elvis foi registrada por uma equipe da Rede Globo. Assista a matéria.

Com informações de G1 Paraná


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp