COTIDIANO

4ª Promotoria da Justiça de Toledo pede o arquivamento da acusação feita contra Vereador por uso do cargo para fins de obter lucros


A pedido | 17/07/2017 01h40

Ninguém pode ser condenado antes de ser julgado, está escrito na carta Magna em seu artigo 5º. Ademar Dorfschimidt, que foi acusado pela 3ª Promotoria de estar ludibriando e tentando ficar rico nas costas do povo mais humilde através de seu cargo como vereador, teve uma grande reparação na última quinta-feira (12). A 4ª promotoria determinou o arquivamento da acusação por não ter sido encontrado provas de que ele tenha ludibriado outrem para se beneficiar. Assim, torna sem efeito o pedido de improbidade administrativa impetrada pelo 3ª Promotoria Pública que pedia sua cassação, sem mesmo o terem julgado.

Com informações de Gazeta de Toledo


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp