COTIDIANO

Acontece hoje audiência pública para debater qualidade da telefonia celular em Rondon

O evento será no auditório da Acimacar, a partir das 18h30

Mal. Cândido Rondon
AUDIÊNCIA PÚBLICA | 10/08/2017 14h46

O Poder Legislativo de Marechal Cândido Rondon, em parceria com a Acimacar, realiza nesta quinta-feira (10) audiência pública para debater a qualidade do serviço de telefonia móvel oferecido pelas operadoras no município. O evento será no auditório da Acimacar, a partir das 18h30. Toda a comunidade está convidada a participar.

A sugestão da audiência pública partiu do Poder Legislativo, através de requerimento de autoria dos vereadores Ronaldo Pohl, Nilson Hachmann e Valdir Port (Portinho), o qual foi aprovado pelos demais edis. Conforme destaca o presidente a Casa de Leis, vereador Pedro Rauber, o atendimento insatisfatório das empresas de telefonia celular é um problema que se arrasta há anos no município. Agora, novamente as autoridades, lideranças e comunidade vão unir-se para tentar buscar uma solução.

“Queremos ouvir a sociedade sobre o serviço prestado pelas empresas de telefonia móvel em Marechal Cândido Rondon. São constantes e inúmeras as reclamações de usuários com a péssima qualidade do serviço disponibilizado. A Acimacar já realizou evento específico para tratar do assunto, sendo que naquela oportunidade foram produzidos documentos, os quais foram encaminhados aos órgãos e empresas que atuam na cidade (Vivo, Claro, Tim e Oi). Porém, os problemas continuam e nos últimos meses parece que foram agravados. Centenas de usuários relatam, por exemplo, extrema dificuldade em gerar ligações pela Tim”, enfatizaram Pohl, Nilson e Portinho no requerimento em que foi proposta a audiência pública.

A intenção é que, após o debate, as reclamações e propostas da população sejam encaminhadas aos órgãos governamentais para que medidas sejam efetivadas em um curto espaço de tempo, objetivando resolver os problemas definitivamente.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp