COTIDIANO

Fanfarra de Mercedes se apresenta domingo em Pato Bragado e dina próxima quinta-feira em Terra Roxa

O atual regente da fanfarra é o professor Elerson Dörner, que coordena os ensaios e desfiles desde o ano de 2008

Mercedes, Pato Bragado
APRESENTAÇÃO | 02/09/2017 11h09

Composta atualmente por 33 percussionistas distribuídos em Bumbo, Surdo, Caixas clara e Pratos, 18 balizas e 5 porta-bandeiras e estandarte, a fanfarra municipal de Mercedes  fará duas  aoresentações fora  do seu município  em comemoração a semana da pátria.

Neste domingo (03) a Fanfarra Municipal de Mercedes estará se apresentando no Município de Pato Bragado no desfile cívico escolar programado para as 09horas.

Já na quinta-feira (07) a apresentação ocorre no Município e Terra Roxa, integrando o desfile cívico em comemorações a Semana da Pátria.

A Fanfarra Municipal de Mercedes desempenha o papel de abrilhantar os desfiles cívicos de 07 de setembro bem como o ato mais importante de todos – os festejos do aniversário de emancipação política e administrativa do Município de Mercedes.

Foi oficialmente fundada no ano de 1994, tendo como regente o Professor Vilson Schwantes e desde então é formada por alunos do Colégio Estadual Leonilda Papen bem como de jovens que já concluíram o Ensino Médio, universitários e demais pessoas da comunidade mercedense que participam ativamente na fanfarra.

Neste ano de 2017 seus ensaios e organização foi através da equipe da Casa da Cultura – com auxílio da Secretaria de Educação e Cultura de Mercedes.

O atual regente da fanfarra é o professor Elerson Dörner, que coordena os ensaios e desfiles desde o ano de 2008.

A coreógrafa e regente das balizas desde o ano de 2014 é a profª Vaniela Marcon da Silva.

Dentre os objetivos da organização da Fanfarra Municipal busca-se fortalecer os laços de cidadania e companheirismo, despertando o espírito coletivo que deve reinar num grupo e posteriormente na sociedade.

Durante 03 meses a fanfarra realizou ensaios para garantir a coesão e entrosamento entre os seus integrantes.

Sem deixar de lado o estilo militar comum das fanfarras, também foram incorporados diferentes ritmos entre eles: o germânico, o axé baiano, o pop-rock contemporâneo e alternâncias variadas entre os diversos tambores.

Já o grupo de balizas foi reformulado no ano de 2014, deixando de lado a ginástica artística e aparelhos como bambolês, que eram utilizados anteriormente, para incorporar novo estilo.

Neste ano mais uma novidade é trazida pelo grupo das balizas. A inspiração veio das linhas de frente com estilo americano chamadas de Color Guards na qual se utiliza de bandeiras (flâmulas) para fazer as Evoluções Coreográficas de maneira ousada e totalmente diferenciada.

Nessa nova perspectiva, as balizas (linha de frente) realizam as evoluções coreográficas, juntamente com o Corpo Musical, buscando sempre o melhor Aspecto Visual aos expectadores.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp