COTIDIANO

Contas do 2º quadrimestre são apresentadas em audiência pública

Município empenhou R$ 11.535.451,47 em relação à despesa fixada que era R$ 14.817.370,00

Pato Bragado
audiência pública | 27/09/2017 16h55

Com base nas exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal, a Secretaria de Finanças promoveu na noite de ontem (26), na plenária da Câmara de Vereadores, audiência pública para prestação de contas sobre a arrecadação e aplicação dos recursos que compõem o orçamento do município. 

A exposição realizada pelos contadores Allan Vinícius Kotz e Irineu Domeraski Siqueira foi sobre o segundo Quadrimestre de 2017 e contou com a presença do prefeito Leomar Rohden, o Mano, o vice-prefeito Dirceu Anderle, vereadores, secretários e membros da comunidade.

Os principais relatórios utilizados para prestação de contas foram o Balanço Orçamentário, o Relatório de Gestão Fiscal (RGF) e o Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO).

Com base na apresentação, a receita prevista para o 2º quadrimestre era de R$ 12.090.400,00 e o município arrecadou R$ 12.483.124,26. Já em relação à despesa fixada, que era R$ 14.817.370,00, foram empenhados R$ 11.535.451,47.

Do total da receita arrecadada no quadrimestre, o município recebeu R$ 2.997.572,09 da União, do Estado R$ 2.073.974,88 e do Fundeb R$ 710.596,66. O restante são recursos próprios.

Os maiores gastos do quadrimestre foram nas secretarias de Viação e Obras - R$ 3.695.992,29, de Educação e Cultura - R$ 2.337.155,87 e de Saúde R$ 2.186.134,61. Os demais estão distribuídos entre as outras Secretarias.

Em relação ao limite constitucional (no mínimo 15% dos recursos livres e transferências constitucionais) de gastos com saúde o município aplicou até o quadrimestre 20,71% dos recursos, totalizando R$ 2.328.427,39.  Já para a educação o percentual constitucional aplicado foi de 26,58%, totalizando R$ 3.085.984,01.

Por fim, os contadores garantiram que com um índice de 37,24% da sua receita corrente líquida, a administração se mantém dentro dos limites legais, quanto aos gastos com pessoal.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp