COTIDIANO

Pato Bragado está entre os municípios com projetos validados no ConectaDEL

A intenção da implantação do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária será cofinanciado e terá suporte para implementação das propostas

Pato Bragado
PROJETO | 02/10/2017 16h00

Projeto demonstrado pelo secretário de Administração, Ageu Fidler será um aporte para pequenos agricultores e agroindústrias do município. (Foto: PTI/Itaipu )

O projeto de implantação do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa) para pequenos agricultores e agroindústrias do município de Pato Bragado, a fim de facilitar a comercialização dos produtos de origem animal foi validado e apresentado na terça-feira (26), em Foz do Iguaçu, a uma banca de avaliadores.

O projeto demonstrado pelo secretário de Administração, Ageu Fidler, é resultado da capacitação de lideranças dos setores públicos e privados da região Oeste do Paraná, por meio do curso Promotores de Desenvolvimento Territorial.

Foram 13 projetos destinados ao desenvolvimento territorial. Desses, sete foram validados, serão cofinanciados e receberão suporte para implementação das propostas, nos próximos meses.

A capacitação foi promovida pelo  Programa Regional de Formação para o Desenvolvimento Econômico Local com Inclusão Social para o Brasil (ConectaDEL), entre os meses de maio e julho deste ano. Foram ofertadas 120 vagas, com o público-alvo de profissionais como membros de associações comerciais, cooperativas, prefeituras e organizações não governamentais da região. Os projetos apresentados envolveram temas como sustentabilidade, produção orgânica, inovação e tecnologia.

Os sete projetos foram apresentados à banca, formada pelo presidente do Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), Danilo Vendrusculo; o gerente regional Oeste/Sudoeste da Empresa de Assistência  Técnica de Extensão Rural do Paraná (Emater), Paulo Taschetto; o gerente regional do Sebrae, Orestes Hotz; o consultor da Direção Geral da Itaipu, João José Passini; e o gerente do programa de Desenvolvimento Territorial do Parque Tecnológico Itaipu, Jonhey Nazario. Aqueles que receberem a pontuação mínima de sete pontos serão cofinanciados pela Itaipu Binacional e PTI.

Novas divisas

O secretário Ageu Fidler, explica que o Suasa foi realizado pela administração municipal em parceria com a Associação Comercial (Acibra), Associação de Produtores Orgânicos (Apop) e o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. Segundo ele, o Suasa vai ampliar as divisas de comercialização dos produtos de origem animal, como leite e seus derivados, ovos, carne, embutidos, entre outros. “Além disso, irá aumentar a renda aos produtores e ao município, com o aumento do ICMS”, menciona, acrescentando que o objetivo da gestão do prefeito Leomar Rohden (Mano) e vice Dirceu Anderle é agregar valor a produtividade local, fortalecendo assim, a mão-de-obra familiar e, principalmente, a agroindústria, já que os produtos serão levados a conhecimento em toda região.

“São trabalhos como esse que irão ajudar a difundir em toda a população a necessidade de planejar melhor e trabalhar melhor o nosso setor produtivo”, avalia o presidente do POD, Danilo Vendrusculo.

Para o gerente regional Oeste/Sudoeste da Emater, Paulo Taschetto, as propostas apresentadas se “encaixam perfeitamente dentro daquilo que o Oeste está trabalhando, em termos de desenvolvimento para a região”. Ele considera que a realização do curso do ConectaDEL é fundamental para a preparação do capital social para a atuação no desenvolvimento sustentável de forma organizada, com objetivos e metas definidos.

Sobre o ConectaDEL

O ConectaDEL atua no Brasil desde 2013, resultado de convênio entre o PTI e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do Fundo Multilateral de Investimento (FOMIN), com o apoio da Itaipu Binacional. Em parceria com o Programa Oeste em Desenvolvimento, o ConectaDEL realizou, entre 2013 e 2016, cursos de formação que possibilitaram a capacitação de agentes locais, o estímulo a gestão integrada, de caráter público-privado, e o cofinanciamento de projetos cooperados com 18 instituições da região.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp