POLÍTICA

Arion cobra informações sobre ultrassonografias para gestantes

Recentes denúncias de falta de atendimento, inclusive com óbitos de bebês, levaram o vereador a investigar o assunto e solicitar providências

Mal. Cândido Rondon
legislativo | 19/10/2017 17h00

Arion Augusto Nardello Nasihgil (Foto: Divulgação )

Foi aprovado nesta semana o requerimento apresentado pelo vereador rondonense Arion Augusto Nardello Nasihgil, através do qual solicita informações sobre o contrato para a realização de exames de ultrassonografia em gestantes do sistema público municipal de saúde.

O objetivo do requerimento é fiscalizar o fornecimento deste serviço médico para as gestantes, tendo em vista sua importância para um pré-natal seguro e também para o nascimento das crianças.

Para o vereador, “tal questionamento surge após o recebimento de reclamações ao longo do tempo por parte de mães usuárias do serviço municipal de saúde, descontentes com a forma de realização do exame, tão importante para o acompanhamento gestacional e para o preparo do parto”. Além disso, complementa Arion, “denúncias apresentadas nos últimos dias por gestantes que perderam seus filhos no Hospital Municipal Dr. Cruzatti, as quais tomaram conta da mídia local, fortalecem ainda mais a necessidade de esclarecimentos acerca da forma de realização do exame em questão”.

Dentre os questionamentos, o edil pede se os exames são realizados apenas de maneira agendada ou também são disponibilizados de imediato em casos de urgência e/ou emergência, se os mesmos devem ser realizados 24h por dia, ou se são realizados apenas em horários pré-determinados, como expediente comercial e, ainda, se há alguma cláusula contratual neste sentido, prevendo a obrigatoriedade da realização dos exames a qualquer tempo e horário.

Especificamente em relação aos óbitos ocorridos na última semana, envolvendo um bebê de 16 semanas e outro recém-nascido, Arion questiona se houve a realização de exame de ultrassonografia nas gestantes e, em caso positivo, em qual data e horário, com o objetivo de verificar se eventualmente não houve negligência do Poder Público nestas situações.

Com informações de Vereador Arion Nasihgil


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp