POLICIAL

Terceiro dia: presos seguem rebelados e com dois agentes reféns

Motim já dura 41 horas; acordo deve ser retomado neste sábado (11)

Paraná
REBELIÃO PEC 2017 | 11/11/2017 07h56

Legenda (Foto: CATVE )

O terceiro dia de rebelião começou mais calmo na PEC (Penitenciária Estadual de Cascavel) na manhã deste sábado (11).

As mais de 41 horas de rebelião trouxeram cenas de tensão em vários momentos. Na manhã de sexta-feira (10) os mais de 700 presos apresentaram cenas de horror, ao ferir os reféns do motim.

Ao todo já foram transferidos da penitenciária cerca de 300 presos que foram divididos entre a carceragem da 15ª SDP (Subdivisão Policial) e a PIC (Penitenciária Industrial de Cascavel).

A Secretária de Segurança do Estado confirmou duas mortes. Três presos foram atendidos pelo Samu e levados à UPA. Outros quatro tiveram atendimento e foram liberados na unidade.

Ainda não há um número exato de feridos. Segundo o Coronel da Polícia Militar Washington Lee Abe informou que ao menos 70% da penitenciária foi destruída pelos presos.

Os presos receberam comida e água, mas se negaram a comer e beber.

Madrugada de Sábado

Durante a madrugada um detento fugiu sem que ninguém percebesse ação do rapaz.

Jean Carlos Bentrani de 24 anos, ligou ao 190 e se entregou. O jovem foi detido na Avenida Brasil esquina com a Rua Corbélia no Bairro Gramado.

O jovem não informou que o motivo de ter se entregado.

Com informações de CATVE


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp