COTIDIANO

Secretária de Saúde decide manter vacinação contra a dengue no Paraná

Em boletim a Anvisa alertou sobre o agravamento da doença caso alguém seja infectado após ser vacinado

Paraná
Saúde | 05/12/2017 10h43

Em boletim a Anvisa alertou sobre o agravamento da doença caso alguém seja infectado após ser vacinado (Foto: Reprodução )

Um boletim da Anvisa decidiu restringir a recomendação da vacina contra dengue, alertando para agravamento da doença caso alguém seja infectado após ser vacinado. Mesmo assim, a Secretaria de Saúde decidiu manter a vacinação nos 30 municípios considerados epidêmicos no Paraná. No Oeste 5 cidades serão contempladas, entre elas Foz do Iguaçu e Boa Vista da Aparecida. 

Para garantir a imunidade ao vírus são necessárias três doses da vacina, com intervalo de seis meses entre elas. A última foi aplicada em outubro e a programação é que em março a nova dose seja efetuada.

Mesmo com a estratégia de vacinação, a Secretaria de Saúde adverte: o melhor método é a prevenção, ou seja, o combate efetivo contra o mosquito, principalmente no verão, período em que o índice de infectados tende a aumentar.

Com informações de CATVE


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp