POLÍTICA

Governo do Estado aumenta impostos para pequenas empresas e vereadores atacam

Proposição encabeçada pelo vereador rondonense Arion Nasihgil se soma na briga contra aumento do ICMS para empresas de pequeno porte

Mal. Cândido Rondon
legislativo | 29/12/2017 16h35

Vereador Arion Nasihgil (Foto: Divulgação )

A Câmara Municipal de Marechal Cândido Rondon aprovou requerimento apresentado pelo vereador Arion Nasihgil em conjunto com os vereadores Adriano Cottica e Maria Amália, através do qual os edis se manifestaram solidários à Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar), à Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Oeste do Paraná (Caciopar) e à Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap) no repúdio à aprovação do Projeto de Lei nº 557/2017, do Governo Estadual.

O texto proposto pelo governador Beto Richa e aprovado pela maioria dos deputados da Assembleia Legislativa, aumentou o ICMS de empresas paranaenses de pequeno porte.

“Não se desconhece a situação bastante crítica pela qual passa o erário, com enormes rombos nos cofres públicos que abastecem o Estado. Não obstante, a má-gestão dos recursos e a falta de planejamento adequado na sua aplicação não podem servir de substrato para o carregamento, ainda maior, da carga tributária, notadamente quando do lado oposto encontram-se pequenos empresários, já devastados pela crise econômica e política que no decorrer dos últimos anos tem assolado nossas economias”, afirmam os vereadores.

Os vereadores frisam que não concordam com a penalização da classe empresarial. Para eles, o reabastecimento dos cofres públicos deve se iniciar com cortes na própria raiz, especialmente com a urgente redução dos gastos institucionais e a diminuição da folha de pagamento, e não com o repasse da conta para quem já é penalizado pelo próprio sistema.

Para Arion, o objetivo da proposição é se somar às entidades empresariais e fortalecer ainda mais a luta contra o aumento do ICMS, demonstrando que o povo de Marechal Cândido Rondon também não concorda com a penalização dos empresários.

Com informações de Vereador Arion Nasihgil


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp