COTIDIANO

Saúde de Quatro Pontes apresenta números históricos nos serviços prestados a comunidade

Quatro Pontes
saúde | 04/01/2018 16h11

Max Wickert (Foto: Assessoria )

A Secretaria da Saúde do município de Quatro Pontes apresentou um relatório com números históricos na prestação de serviços e atendimentos a comunidade. De acordo com o Secretário de Saúde Max Wickert,  os números são surpreendentes preocupantes ao mesmo tempo, “só de consultas neste ano foram 7.398, em virtude da contratação de mais médicos que hoje com 5 atuando estamos preocupados pois isso demonstra que muitas pessoas adoeceram e precisamos investir para melhorar cada vez mais” disse.

Max avalia que o ano de 2017 foi um ano de adaptação tendo em vista que os investimentos feitos foram realizados com o orçamento da gestão passada e que este ano com orçamento próprio o atendimento poderá melhorar ainda mais “mesmo assim conseguimos nos estruturar, estamos com 3 carros novos e uma van com 16 lugares completa e aconchegante para poder transportar os pacientes com conforto e segurança”. Outra conquista foi a vinda de R$ 80.000,00 pleiteados através do Deputado Dilceu Sperafico que servirá para a compra de uma ambulância nova.

Outro destaque foi o retorno do programa de higiene bucal que havia sido extinto. Trabalho desenvolvido pela secretaria em parceria com o Dentista do município Dr. Cláudio Rossatto, Escola Municipal e Colégio Estadual. Somente neste programa (escola + colégio + atendimentos na unidade) foram realizados 3.740 procedimentos odontológicos.

O número de medicamentos entregues a população também surpreende, ao todo foram 1.112.938 (Um milhão cento e doze mil, novecentos e trinta e oito). Max pondera que a carência de remédios no fim de ano se deu em virtude da falta de orçamentos “solicitamos os orçamentos das empresas e eles não chegaram a tempo, este ano vamos melhorar neste sentido para que a população não fique sem remédios”. Vale lembrar que os atendimentos na farmácia também foram expressivos: 3.169 pacientes foram assistidos.

O secretário mencionou ainda das cirurgias feitas. Somente no Hospital de Nova Aurora foram realizados 40 procedimentos cirúrgicos, com cerca de 5 a 7 cirurgias por mês. Procedimentos ambulatoriais como curativos, medição de pressão entre outros foram 1.792. Já os procedimentos coletivos como palestras e atividades educativas perfizeram um total de 247 sendo que para este ano a meta é proporcionar 3 encontros anuais para hipertensos e diabéticos com palestras com profissionais da área bem como encontros preventivos para orientações e informações que combatam o câncer de pele, próstata, mama e útero.

Ele lembrou também, que mesmo com equipe reduzida, foram feitas 4.407 visitas domiciliares das ACS (Agentes Comunitárias de Saúde). Em 2018 com a equipe completa, pretende-se aumentar significativamente este número. Outro desafio conforme explica Max, além da reforma do telhado da nova UBS, são os procedimentos cirúrgicos ortopédicos, que deverão acontecer em breve, “estamos encontrando caminhos e trabalhando para realizar este procedimento também, e confiantes para que isso aconteça o quanto antes, sobre os reparos a serem feitos na Unidade, é uma pena que uma obra recém construída apresente problemas, verificamos muitas infiltrações e precisamos urgentemente trocar o telhado da nova UBS”, avaliou.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp