COTIDIANO

Modelos eficientes de produção em Pato Bragado serão apresentados ao mundo pela Itaipu Binacional

Os selecionados foram Tercília Medim (Bimba) e Valmir Anderle

Pato Bragado
PROJETO | 31/01/2018 13h36

No projeto piá o foco foi a experiência e o trabalho de “Bimba” com estudantes do Projeto Piá Luz do Futuro (Foto: Marili Koehler )

Tercília Medin e Valmir Anderle foram os produtores escolhidos pela Itaipu Binacional para participarem, na tarde de ontem (30), de vídeo institucional que será exibido a partir de março aos turistas que visitarem a maior geradora de energia limpa e renovável do planeta.

As filmagens das formas de produção e qualidade de vida que a Itaipu apoia e que serão modelo para o mundo, estão sendo realizadas em 29 municípios pela Vision Art Produções, de Foz do Iguaçu. A empresa promove trabalhos na área comercial, jornalismo, cinema e entretenimento. Foram mais de 30 profissionais envolvidos, entre diretores, produtores de elenco e arte, contrarregras, maquiadores, entre outros.

A produtora Tercília Medin, popularmente conhecida como ‘Bimba’, tem mais de 50 anos dedicados às plantas medicinais, aromáticas e condimentares. E o foco, no seu caso, foi a replica da experiência/conhecimento aos estudantes do Projeto Piá Luz do Futuro que comporta uma horta onde ela é responsável por mais de 100 cultivares com os alunos, entre as plantas já mencionadas, além de temperos e saladas.

No caso de Valmir Anderle, o que chamou a atenção na propriedade do produtor orgânico familiar certificado, foi a diversificação. A família vive muito bem na propriedade de 2, 5 alqueires, uma vez que a renda bruta chega a cerca de 60 salários mínimos/ano, garantidos com a comercialização das variedades, cerca de 40 produtos, tendo como carros chefes, a uva e a banana.

Valmir e Bimba já estão habituados às visitas de comitivas nacionais e internacionais que buscam modelos em gestão de produção eficiente e saudável. “Foram anos de muito trabalho e sofrimento que hoje são reconhecidos. Insisto para que os produtores da nossa associação não parem de sonhar e continuem apostando nos seus produtos e, principalmente na diversificação”, explana Valmir. “É gratificante saber que estou fazendo o bem ao próximo e deixando um legado para as nossas crianças”, garante Tercília. 

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp