POLÍTICA

Bolsonaro visita Show Rural e em discurso critica o Movimento Sem Terra

O pré-candidato veio a Cascavel para visitar a maior feira da América Latina

Paraná
Show Rural | 07/02/2018 18h02

O pré-candidato veio a Cascavel para visitar a maior feira da América Latina (Foto: CATVE )

O deputado Federal Jair Bolsonaro, saiu do Aeroporto Municipal na tarde desta quarta-feira (7) e seguiu para o Show Rural Coopavel 2018 e respondeu a perguntas de equipes da imprensa. Ao lado do parlamentar estava o presidente da Coopavel, Dilvo Grolli e o deputado federal Fernando Francischini.

Bolsonaro disse que o produtor rural tem que produzir e o governo não pode interferir na produção. "Estado bom é aquele que não interfere em quem quer produzir", declara.

Ele disse que a segurança do país é quem movimenta a economia. Por isso, irá investir na segurança do País, tanto da área urbana, quanto para a área rural.

Bolsonaro criticou o MST (Movimento Sem Terra) e disse que "propriedade privada é sagrada, ninguém tem que entrar lá".

Bolsonaro defendeu que grande parte da população brasileira precisa possuir porte de armas para assim poder se defender. "Grande parte da população terá armas".

Em tom de campanha, o pré-candidato disse ainda que irá ser diferente, "se for para ser igual aos outros candidatos ele nem disputa a eleição". E prometei que em seu governo terá "15 ou 20 ministros no máximo".

Sem momento de televisão, com apenas 8 segundos, disse que não irá se coligar com outros partidos para poder ter mais tempo e espaço. "Eu tenho o povo ao meu lado, não preciso da grande mídia ao meu lado".

Ao falar do Brasil e das notícias de corrupção envolvendo políticos brasileiros ele falou: "Nós vivemos em um país de bananas".

Bolsonaro encerrou o discurso aos dizer que disputará as eleições para o cargo de presidente da Republica e está pronto para governar o país.

O deputado federal Fernando Francischini, que veio a Cascavel junto com Jair Bolsonaro para conhecer a feira disse que deixará sua vida pessoal para acompanhar o pré-candidato pelo Brasil e fazer com ele vença as eleições.

Eduardo Bolsonaro acompanhou o pai até a feira do agronegócio e revelou não conhecer muitas coisas de agronegócio, mas tem interesse em apreender e pede o apoio de todos na caminhada até a presidência.

Com informações de CATVE


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp