COTIDIANO

Associação rondonense realiza trabalho voluntário para buscar doadores de sangue

Associação Sangue Bom busca incentivar a doação de sangue e ajudar quem precisa

Mal. Cândido Rondon
Associação Sangue Bom | 14/04/2018 00h39

A associação tem sua sede, para cadastro de doadores, na Avenida Maripá esquina com a Rua Paraná, no canteiro Central em frente Agropecuária Brusque, em Marechal Cândido Rondon, o telefone é o 9-9845-5712 ou 2031-1310 (Foto: Divulgação )

A Associação Rondonense Sangue Bom é uma entidade com um trabalho voluntário e busca auxiliar pessoas que precisam de alguma doação de sangue, bem como, incentivar pessoas a doarem sangue.

A falta de doadores de sangue é uma realidade Marechal Cândido Rondon e municípios da região. Diariamente muitas pessoas precisam de doação de sangue, no entanto, poucas pessoas se habilitam a doar. Buscando ajudar quem precisa de sangue foi criada a Associação Sangue Bom. A associação tem sua sede, para cadastro de doadores, na Avenida Maripá esquina com a Rua Paraná, no canteiro Central em frente Agropecuária Brusque, em Marechal Cândido Rondon, o telefone é o 9-9845-5712 ou 2031-1310. O local atende de segunda a sexta-feira das 9 horas às 12 horas e das 14 horas e às 17 horas.

Quem ir até Associação pode se cadastrar como doador de sangue e salvar. Da mesma forma, pessoas que precisam de doação de sangue podem procurar Associação.  A doação de sangue traz benefícios para quem doa e pode salvar a vida de quem precisa. Independentemente do tipo sanguíneo é possível se tornar um doador de sangue.

Para ser um doador de sangue é preciso estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50 kg, estar descansado e alimentado. É necessário apresentar um documento oficial de identidade com foto.

Além de cadastro de doadores de sangue, a Associação Sangue Bom também realiza o cadastro de doadores de medula.

A Associação Sangue Bom é um trabalho totalmente voluntário e tem o apoio do Lions Clube de Marechal Cândido Rondon. Em um ano de fundação, comemorado agora em abril, a associação conseguiu encaminhar 202 doadores para o hemocentro de Toledo, atender 12 famílias e a realizar o cadastro de quase duas mil e quinhentas pessoas.


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp