TRÂNSITO

Ônibus de São Miguel com torcedores gremistas sofre acidente e motorista morre

O coletivo retornava de uma viagem da cidade de Porto Alegre, onde havia levado torcedores gremistas ao grenal

Paraná
acidente | 13/05/2018 11h45

Ônibus de São Miguel com torcedores gremistas sofre acidente e motorista morre (Foto: Corpo de Bombeiros de Palmitos )

 

Um ônibus da empresa Casanova Turismo, de São Miguel do Oeste, sofreu um acidente de trânsito na madrugada deste domingo (13) em Iraí, Rio Grande do Sul. O coletivo era ocupado por 26 passageiros, a maioria de Cunha Porã, e dois motoristas.

O coletivo retornava de uma viagem da cidade de Porto Alegre, onde havia levado torcedores gremistas ao grenal, na Arena do Grêmio. Participavam da excursão, torcedores de São Miguel do Oeste, São José do Cedro, Itapiranga, Maravilha e Cunha Porã.

Doraci Cella, de Anchieta, motorista do coletivo morreu no local. Ainda não há a confirmação sobre a identidade da vítima. Segundo a PRF, outras dez pessoas ficaram feridas, duas com gravidade, as quais ficaram presas às ferragens.

As vítimas

O Corpo de Bombeiros de Palmitos atendeu dois homens feridos, que foram encaminhados para o Hospital de Iraí. A equipe fez o desencarceramento do motorista, que morreu e ficou preso nas ferragens. Ele foi encaminhado para o IGP de Frederico Westphalen-RS. O Samu de Maravilha atendeu uma das vítimas graves, um homem de São José do Cedro, que foi encaminhado para Iraí, com avaliação dentro da ambulância, e  logo na sequência, transportada pela mesma guarnição ao Hospital Regional de Chapecó. O Samu de Itapiranga conduziu uma vítima, de São Miguel do Oeste, para o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso. Já a guarnição do Samu de São Carlos encaminhou uma pessoa ferida, de Cunha Porã, para o hospital em Chapecó.

Como aconteceu

A dinâmica do acidente ainda não foi confirmada pelas autoridades competentes, porém, relatos extraoficiais indicam que o veículo teria saído da pista e descido uma ribanceira, próximo ao posto de fiscalização, na divisa entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Segundo o Corpo de Bombeiros de Palmitos, a ribanceira era de 10 metros.

Além dos socorristas do Rio Grande do Sul, bombeiros Catarinenses de Cunha Porã, Palmitos e São Carlos foram até Iraí para auxiliar no atendimento às vítimas que foram levadas aos hospitais mais próximos do local do acidente. Também estiveram no local as guarnições do SAMU de Maravilha, São Carlos, Itapiranga, Chapecó e São Miguel do Oeste.

Com informações de WH3


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp