COTIDIANO

Alunos da escola municipal de Pato Bragado aprendem a gerir gastos a partir da Educação Financeira

Projeto estimula a poupar, investir e doar

Pato Bragado
PROJETO | 04/06/2018 17h38

Campanha de latinhas vem ocorrendo desde o início do ano. Venda foi realizada na última semana (Foto: Marili Koehler )

Desde o início do ano, os estudantes e professores das turmas de quinto ano, bem como uma das turmas do quarto ano da Escola Municipal Marechal Deodoro de Pato Bragado estão participando do projeto Educação Financeira. São em torno de 90 alunos atendidos diretamente. A iniciativa partiu da administração municipal em parceria com a Itaipu Binacional que prestou a capacitação aos professores.

Desenvolvido de forma interdisciplinar pelos professores Márcia Coutinho Manenti, Kátia Cótica, Maycon Putzke, Marcelo André Dill e Andreia Kunzler, o projeto se propõe a encontrar meios legais e honestos para adquirir e poupar o dinheiro, como também o de saber investir, preocupando-se em fazer um planejamento e saber doar, sensibilizando-se com o próximo.

O lançamento à comunidade escolar foi realizado no último dia 25. Na ocasião foram apresentados os aspectos que serão desenvolvidos durante o ano, ou seja, a campanha solidária e cooperativa de coleta de latinhas e lacres de alumínio denominada “Um olhar financeiro, ecológico e social”, “Poupando Luz” e a “Prática do Escambo” que consiste na feira de troca de práticas divertidas, econômicas e ecológicas.

A campanha de latinhas vem ocorrendo desde o início do ano. A venda foi realizada na última semana. O intuito dessa atividade, de acordo com os professores, é praticar o bom gerenciamento do dinheiro. Por sua vez, a coleta de lacres será revertida na aquisição de uma cadeira de rodas.

Roteiro

Os professores mencionam que dentro dos aspectos propostos, as atividades seguem com cumprimento do seguinte roteiro: visita e palestra em instituição financeira, confecção de cofrinhos, visitas a cooperativa de reciclagem, realização de depósitos recorrentes, a partir da venda de latinhas à cooperativa de reciclagem do município, palestras sobre a importância de economizar energia elétrica e equilíbrio financeiro, práticas do escambo na escola, além de passeio de estudos para Foz do Iguaçu. A programação conta com envolvimento de alunos, professores, equipe pedagógica e direção da instituição. 

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp