POLICIAL

Brasileiro é preso em Cidade do Leste com documentos e cartões falsos

Ele é acusado de fazer a venda das falsificações pelo WhatsApp

Geral
estelionato | 07/06/2018 14h34

Os crimes preveem penas de um a cinco e dois a seis anos de reclusão, respectivamente, mais multa (Foto: Divulgação )

Um brasileiro foi preso em Cidade do Leste no Paraguai pelo crime de falsificação na manhã desta quinta-feira (07).

Após denúncias no setor de Crimes Econômicos Pessoais, o homem foi localizado em uma loja trabalhando como vendedor. Com ele foram encontradas cópias de identidades e passaportes, dinheiro de várias nacionalidades e também cartões bancários.

O brasileiro é acusado de fazer a venda das documentações via WhatsApp no país vizinho.

Clonagem e falsificação de documentos se enquadram nos crimes de estelionato, artigo 171 do Código Penal, e falsificação de documentos, artigo 297 do Código Penal com penas de um a cinco e dois a seis anos de reclusão, respectivamente, mais multa.

Com informações de CATVE


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp