COTIDIANO

Prefeito Norberto busca viabilização de 30 casas populares para Nova Santa Rosa

O empreendimento será financiado com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e será aberta a famílias inscritas no sistema da Cohapar

Nova Santa Rosa
Casa Própria | 08/06/2018 15h50

Para o prefeito de Nova Santa Rosa, Norberto Pinz, a viabilização do novo conjunto habitacional é uma das prioridades da administração municipal (Foto: Assessoria )

O prefeito de Nova Santa Rosa, Norberto Pinz, esteve em Curitiba nesta quarta-feira (06), onde visitou a sede da Cohapar – Companhia de Habitação do Paraná, com o objetivo de dar prosseguimento ao projeto de construção de 30 novas moradias populares no município. Na oportunidade, ele esteve reunido com a assessora da presidência da companhia, Jocely Loyola, que o orientou sobre os próximos passos para a liberação dos recursos, estimados em quase R$ 2,2 milhões. “Precisamos aguardar a análise de recursos das construtoras envolvidas na licitação para confirmar qual será a empresa responsável pela execução das obras”, esclarece Jocely.

Para o prefeito de Nova Santa Rosa, Norberto Pinz, a viabilização do novo conjunto habitacional é uma das prioridades da administração municipal. “Contamos com o apoio da Cohapar para buscarmos a solução mais rápida para atender as necessidades das famílias de Nova Santa Rosa que aguardam a chance de adquirir uma casa própria”, afirma. Os dois órgãos – Prefeitura e Cohapar, aguardam a resolução administrativa sobre a licitação para a contratação da construtora responsável pela execução da obra, que é orçada em R$ 2,2 milhões.

O empreendimento será financiado com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e será aberta a famílias inscritas no sistema da Cohapar. Os interessados que ainda não efetuaram a inscrição devem fazê-lo acessando o site www.cohapar.pr.gov.br/cadastro.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp