COTIDIANO

Termo para execução do projeto do biogás é assinado em Entre Rios do Oeste

O projeto supracitado é fruto da primeira chamada pública da ANEEL para projetos com biogás

Entre Rios do Oeste
ENERGIA | 20/06/2018 15h18

O principal objetivo do projeto que já está sendo realizado no município é de gerar energia elétrica, por meio de biogá (Foto: Assessoria )

Durante as festividades do Jubileu de Prata, no último domingo (17), o prefeito de Entre Rios do Oeste, Jones Neuri Heiden, juntamente com vereadores e secretários, realizou a assinatura do termo de cooperação técnica com o Centro Internacional de Energias Renováveis – Biogás (CIBiogás-ER), com o objetivo  de somar esforços com as instituições envolvidas no Projeto de Pesquisa e Desenvolvimento PD-06491–0287/2012 denominado, “Arranjo Técnico e Comercial de Geração Distribuída de Energia Elétrica a partir do Biogás de Biomassa Residual da Suinocultura em Propriedades Rurais de Entre Rios do Oeste do Paraná”.

Estiveram presentes na ocasião da assinatura do Termo, o Diretor Presidente do CIBiogás, Rodrigo Régis de Almeida Galvão, o Gerente de Engenharia e Operação, Thiago Lippo, o Engenheiro Ambiental e Responsável Técnico pela Execução do Projeto, Luís Thiago Lucio, Engenheiro Mecânico, Thiago Lopez, e o Gerente de Desenvolvimento Tecnológico da Fundação Parque Tecnológico de Itaipu – FPTI, Rodrigo Otto.

O projeto supracitado é fruto da primeira chamada pública da ANEEL (Chamada 14/2012) para projetos com biogás, submetido e patrocinado pela Copel e executado pelo CIBiogás e pela Fundação PTI.

O principal objetivo do projeto que já está sendo realizado no município é de gerar energia elétrica, por meio de biogás produzido em 19 propriedades suinoculturas de Entre Rios do Oeste.

O arranjo proposto prevê a implantação de uma rede coletora de biogás e uma Minicentral Termoelétrica de 480 kW. Os investimentos na infraestrutura de uso coletivo serão custeados pelo projeto e os investimentos nas propriedades serão de responsabilidade dos produtores.

O projeto está sendo implantando nas propriedades rurais, onde dois produtores rurais já estão com o sistema funcionando em suas propriedades.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp