POLICIAL

Depoimento revela frieza do homem que matou esposa asfixiada em Cascavel

Ele cobriu o corpo com lençol e foi trabalhar no dia seguinte

Paraná
homicídio | 11/07/2018 10h31

Harri mecanica

Acusado de matar esposa será enquadrado em homicídio qualificado. Segundo a delegada Mariana Vieira, da Delegacia de Homicídios, ele afirmou que ela foi morta por asfixia, com requintes de crueldade.

Segundo a delegacia, o marido, de 30 anos, matou a esposa, de 29 anos, durante a madrugada e cobriu o corpo com lençóis da cama. Então passou a noite usando drogas antes de ir para o trabalho, em Corbélia, onde foi preso.

O corpo dela foi encontrado pela mãe no início da tarde. O casal ainda tem uma filha de oito anos, mas não há informações sobre o paradeiro da criança. De acordo com a polícia a menina não presenciou o crime.

O homem segue preso na Delegacia da Polícia Civil de Corbélia, mas deve ser transferido para Cascavel.

Familiares da vítima já foram ouvidos e o inquérito deve ser encerrado dentro de 10 dias. O homem confessou o assassinato durante interrogatório na tarde de ontem, alegando que a companheira "escondia coisas dele", mas não especificou a natureza.

A vítima está sendo velada na Acesc, e o enterro está marcado para às 16 horas no Cemitério Central.

Com informações de CATVE


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp