COTIDIANO

Manifestação de apresentador ao justificar atraso de show vai parar no Ministério Público

O apresentador teria dito: “Podem vaiar e vaiar, mas na hora que o show começar a mulherada vai poder jogar calcinha e sutiã no palco”

Expo-Rondon 2018
Polêmica | 27/07/2018 16h42

O promotor Philipe Salomão Marinho de Araújo, da 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Marechal Cândido Rondon, determinou a instauração de “Notícia de Fato” e consequente requisição de instauração de procedimento investigatório acerca de um episódio que ocorreu na noite desta quinta-feira (26) na Expo-Rondon.

Segundo manifestação do promotor, “chegou ao conhecimento da 3ª Promotoria de Justiça desta Comarca, que na data de 26/07/2018 no evento denominado Expo Rondon, festividade alusiva ao aniversário deste município, o apresentador do show Fernando e Sorocaba, diante de vaiais vindas do público em razão do atraso no início do espetáculo, teria feito afirmações desrespeitosas dirigidas aos espectadores”. O apresentador teria dito: “Podem vaiar e vaiar, mas na hora que o show começar a mulherada vai poder jogar calcinha e sutiã no palco”.

O promotor determinou a investigação do ocorrido para apurar quem teria feito tais afirmações, para eventual responsabilização.

A justificativa pelo atraso de mais de duas horas para o início do show foi de que o avião que trazia os artistas não teria conseguido pousar em Cascavel e Toledo, tendo sido obrigado a pousar em Foz do Iguaçu. 


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp