COTIDIANO

Alunos do Colégio Luterano Rui Barbosa participam de debate sobre Aquecimento Global

O objetivo foi proporcionar um momento de aprofundamento na pesquisa e compartilhar o conhecimento sobre as teorias divergentes que tratam sobre o assunto Aquecimento Global

Mal. Cândido Rondon
educação | 10/08/2018 09h29

Conforme a coordenadora pedagógica, Patrícia Quinot Gundt, o debate é uma ótima oportunidade para estudar este assunto (Foto: Assessoria )

Cerca de 150 alunos do Ensino Médio do Colégio Luterano Rui Barbosa, de Marechal Cândido Rondon, participaram de um debate sobre Aquecimento Global, coordenado pela professora de Geografia, Eliane Liecheski. Antes da realização do debate, a professora fez um embasamento sobre o conteúdo bastante abrangente, porque questões relacionadas aos impactos ambientais estão presentes nos vestibulares e no Enem.

A professora Eliane explica que a atividade foi organizada para os alunos do 3ªº com objetivo de proporcionar um momento de aprofundamento na pesquisa e compartilhar com os demais alunos do Ensino Médio o conhecimento sobre as teorias divergentes que tratam sobre o assunto Aquecimento Global. “A Ciência Geográfica procura entender como os aspectos políticos, econômicos, sociais e ambientais estão inseridos neste processo de transformação do espaço geográfico”, informa.

Eliane destaca que o aquecimento global é um dos temas mais polêmicos a serem estudados no Ensino Médio e oportuniza ao aluno um momento de troca de conhecimento. “Essa forma de aprendizagem faz o aluno identificar e analisar como os assuntos das mais variadas Ciências podem ser divergentes, dependendo do aspecto econômico e político que está inserido. No entanto, o debate proporciona refletir que a discussão vai além de entender se as atividades humanas interferem ou não nas mudanças climáticas, mas de pensar que é necessário unir o conhecimento e gerenciar de forma sustentável as atividades humanas para suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações”, expõe.

A professora avalia que a atividade superou as expectativas. “Nossos alunos utilizaram do seu potencial e trouxeram uma pesquisa aprofundada e fundamentada em cientistas renomados que discutem o assunto, ambas as partes ‘aquecimentistas e contrários’ deram um show defendendo seu posicionamento. Além disso os mediadores realizaram questionamentos pertinentes que contribuíram na qualidade do debate, conduzindo a atividade de forma organizada e produtiva”, avalia.

O estudante, Matheus Santos, comenta que a atividade foi bastante significativa. “Foi uma ótima oportunidade porque pudemos demonstrar, na prática, a nossa capacidade de argumentação sobre o assunto, bem como estar atualizados sobre o tema para possíveis questões e redações dos vestibulares. A atividade também foi uma ótima forma de integração da nossa turma e de todo o Ensino Médio”, destaca.

Conforme a coordenadora pedagógica, Patrícia Quinot Gundt, o debate é uma ótima oportunidade para estudar este assunto. “O Aquecimento Global é um tema que não existe um consenso absoluto, por isso que um debate com esta temática se torna algo muito rico e produtivo, porque o a atividade possibilita que os alunos escutem diversas opiniões e argumentos sobre este assunto”, finaliza.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp