POLICIAL

Mulher é flagrada com celular na cabine de votação e acaba detida em Cascavel

Mesários flagraram a irregularidade e acionaram a PM que efetuou a prisão

Paraná
Eleições 2018 | 07/10/2018 11h12

Uma mulher foi detida pela Polícia Militar, na manhã deste domingo (7), ao ser flagrada utilizando o celular na cabine de votação. O caso foi registrado no Colégio Estadual Eleodoro Ébano Pereira, no Centro de Cascavel.

A eleitora entrou para votar e retirou o celular da bolsa, sendo advertida pelos mesários. Ela permaneceu com o celular em mãos e os fiscais ouviram um "clique" característico da câmera do aparelho. Ela foi novamente avisada, mas insistiu em ficar com o telefone, que começou a tocar.

A PM, então, foi acionada e efetuou a prisão da mulher. Ela foi encaminhada ao Fórum da Justiça Estadual para assinatura de termo circunstanciado.

De acordo com o Código Eleitoral, a pena para quem violar ou tentar violar o sigilo do voto pode ser de até dois anos.

Com informações de CATVE


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp