POLÍTICA

Oriovisto e Arns são eleitos para o Senado e deixam Requião e Richa de fora

Pesquisas apontavam candidato do MDB como favorito à primeira cadeira da Casa

Paraná
Eleições 2018 | 07/10/2018 19h35

Oriovisto e Arns no Senado

Contrariando todas as perspectivas e pesquisas eleitorais realizadas ao longo da campanha, Professor Oriovisto Guimarães (Pode) e Flávio Arns (Rede) vão ocupar as duas vagas ao Senado pelo Paraná. Eles foram eleitos, respectivamente, com cerca de 29% e 23% dos votos válidos (com 91,95% das urnas apuradas). De forma surpreendente, os recém-eleitos desbancaram políticos de trajetória consolidada no estado, como Roberto Requião (MDB) e Beto Richa (PSDB).

Candidato mais bem votado, Oriovisto chega ao Senado já na primeira eleição que disputou. Ele também nunca ocupou um cargo público. O professor é um dos fundadores do Grupo Positivo, que começou em 1972 como cursinho pré-vestibular e que, hoje, se consolidou como um conglomerado que incluiu uma universidade, editora, gráfica e fábrica de celulares e equipamentos de informática. Oriovisto também é o concorrente ao Senado que declarou maior patrimônio – R$ 297,7 milhões .

Flavio Arns vai ocupar uma cadeira do Senado pela segunda vez. Ele já cumpriu mandato de senador entre 2003 e 2001. O candidato também já foi deputado federal pelo Paraná por três legislaturas seguidas – entre 1991 e 2003. Arns também ocupou duas secretarias ao longo do governo Richa – a de Educação e a de Assuntos Estratégicos.

Virada

A última pesquisa eleitoral realizada pelo Ibope e divulgada no sábado (6), apontava que Requião estava isolado na liderança com folga, com 38% das intenções de voto. Em segundo lugar, havia uma disputa acirrada, com Oriovisto com 23%, Richa com 21% e Arns com 21% das intenções, todos em empate técnico.


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp