COTIDIANO

Aprovação da alteração da macrozona de incentivo à industrialização é unânime em Quatro Pontes

A reunião aconteceu na sexta-feira (30)

Quatro Pontes
reunião | 03/12/2018 16h05

O prefeito João Laufer conta que muitos munícipes participaram da audiência pública e a aprovação das pautas foi unânime (Foto: Assessoria )

A sala de reuniões da Prefeitura de Quatro Pontes foi palco na sexta-feira (30) de uma audiência pública promovida pelo Poder Público, a fim de debater e saber a opinião da comunidade sobre duas pautas: uma referente à alteração da macrozona de incentivo à industrialização e outra a respeito da alteração de finalidade de uso dos lotes 6/A, da quadra 6, do Loteamento Jardim Primavera; lote urbano nº 2, quadra 6, Loteamento Seimetz; e lote urbano 7, da quadra 5, Loteamento Condomínio Jardim União, para implantação do Pronto Atendimento, que será edificado no lote ao lado da Unidade Básica de Saúde (UBS), na Rua São Leopoldo.

Na presença do prefeito João Laufer, secretário de Administração, vice-prefeito Tiago Hansel, presidente do Conselho de Desenvolvimento do Plano Diretor, engenheiro civil Jefferson Luiz Martiny, e demais membros, servidores públicos e munícipes, ambos os assuntos em pauta foram aprovados por unanimidade.

Durante a audiência, salientou-se a importância e a necessidade da implantação de novas indústrias para a geração de emprego, renda e receita ao município e da ampliação da macrozona, atual localização seguindo as regiões de áreas rurais localizadas às margens da BR-163, com início no trevo de acesso a Quatro Pontes sentido a Toledo, até encontrar a divisa municipal.

Para o presidente do Conselho de Desenvolvimento do Plano Diretor, engenheiro civil Jefferson Luiz Martiny, as pautas em discussão eram de grande importância. “Para a implantação do Pronto Atendimento é necessário destinar o terreno localizado ao lado da UBS, o qual estava designado para área verde. Deste modo, realizamos a audiência para trocar a finalidade de uso. Em compensação, a área verde foi remanejada para o Loteamento Seimetz e Loteamento Condomínio Jardim União, onde será instalado o pomar municipal. Quem participou da audiência compreendeu a proposta como interessante, houve elogios e por isso foi bem proveitosa, dando condições de a população opinar. Assim, foi deliberado a favor e agora serão iniciados os próximos procedimentos, como jurídicos e legislativos”, explica.

Ele ainda destaca: “Outro ponto em discussão era a macrorregião para implantação de indústrias. Também apresentamos os mapas e destinamos a região sentido à Toledo, margeando a BR-163, sendo que ambos os lados serão de incentivo à industrialização. Já temos indicativos de indústrias que irão se instalar nos próximos meses”. 

Aprovação unânime

O prefeito João Laufer conta que muitos munícipes participaram da audiência pública e a aprovação das pautas foi unânime. “Com certeza trará grandes benefícios para o município. Hoje (03) o projeto de lei já irá para a Câmara de Vereadores e conto mais uma vez com o apoio dos vereadores”, diz, afirmando “nesta segunda-feira, inclusive, iniciou-se os serviços de terraplanagem na área em que ocorrerá a instalação de três indústrias no município. Hoje, boa parte da arrecadação do município é proveniente da agricultura, mas com as novas indústrias vamos aumentá-la, beneficiando ainda mais o munícipe, com a geração de empregos e aplicação de recursos no desenvolvimento social do município por parte do Poder Público”.

O industriário Marcio Adams concorda com o posicionamento do chefe do Executivo, destacando que a questão de ampliação é totalmente válida, pois é a forma de obter uma arrecadação maior. “O incentivo às empresas é fundamental. Não é questão de achar culpados, mas de sentir a dificuldade de cada um dentro da própria comunidade e procurar unir forças para alavancar projetos audaciosos”, afirma.

Macrozona

A macrozona de incentivo à industrialização foi definida em 2008, quando da criação da lei nº 004, de 22 de dezembro, e aponta uma diretriz para regiões de incentivo à industrialização, localizadas às margens da BR-163, entre o trevo de acesso a Quatro Pontes e o entroncamento de acesso à Linha Flor da Serra. Para dar continuidade nessa região de incentivo para implantação de novas indústrias faz-se necessário à ampliação da macrozona, englobando, além do eixo de desenvolvimento, as áreas rurais adjacentes à BR-163, até a divisa com o Município de Toledo.

 

 

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp