COTIDIANO

Quatro Pontes receberá R$ 160 mil para implantação de sinalização viária urbana

O novo convênio é a continuação do Programa de Sinalização Viária Urbana que desde 2011 já investiu R$ 31,8 em outras 232 cidades

Quatro Pontes
INVESTIMENTO | 04/12/2018 16h15

Secretária de Desenvolvimento Social, primeira-dama Odete Laufer, deputado estadual José Carlos Schiavinato e o prefeito João Laufer (Foto: Divulgação )

O Município de Quatro Pontes está entre as 53 cidades paranaenses que vão implantar sinalização viária urbana, garantindo mais organização no trânsito e segurança para as pessoas. O investimento soma R$ 10,8 milhões e os convênios foram assinados na segunda-feira (03) pela governadora Cida Borghetti, o diretor-geral do Detran, Macello Panizzi, e os prefeitos, no Palácio Iguaçu.

A adesão de Quatro Pontes ao Programa de Sinalização Viária Urbana foi viabilizada com o apoio do deputado estadual José Carlos Schiavinato. Assim, R$ 160 mil vão ser repassados ao Poder Público, que no ato foi representado pelo prefeito João Laufer.

Convênio

O novo convênio é a continuação do Programa de Sinalização Viária Urbana que desde 2011 já investiu R$ 31,8 em outras 232 cidades. Em 2016 foi assinada a ordem de execução para obras de sinalização viária em 47 cidades paranaenses, no valor de R$ 8 milhões. O principal objetivo do Governo do Estado é desenvolver um padrão de sinalização viária para todas as cidades paranaenses que ainda não estão conveniadas ao Sistema Nacional de Trânsito (STN).

Suporte técnico

Para auxiliar o município, o Detran-PR fornecerá suporte técnico e consultoria em engenharia de trânsito. Os recursos devem ser investidos, obrigatoriamente, em segurança e sinalização viária e educação para o trânsito. “Vamos auxiliar os municípios que não tem corpo técnico na elaboração dos projetos. Assim as cidades poderão ser planejadas de acordo com que a legislação determina”, afirmou Panizzi.

Municípios que têm até 15 mil habitantes recebem investimentos de R$ 160 mil. Os que possuem entre 15 mil e 30 mil habitantes recebem R$ 260 mil. As cidades entre 30 e 50 mil moradores recebem R$ 330 mil e, a partir de 50 mil habitantes, o valor é de R$ 500 mil.

 

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp