POLICIAL

Delegado de Marechal Rondon participa de treinamento no COPE em Curitiba

A atividade é voltada para todos os policiais que visam aprimorar suas perspectivas físicas, táticas, psicológicas e intelectuais

Mal. Cândido Rondon, Paraná
CURSO | 05/12/2018 10h17

Delegado-geral da Polícia Civil: “A capacitação é fundamental para uma boa formação e o Cope tem sido reconhecido nacionalmente por este mérito de formar ótimos policiais” (Foto: Divulgação/Polícia Civil )

Quinze policiais de diferentes estados do Brasil finalizaram na sexta-feira (30) o V Curso de Operações Policiais (COP). A atividade é voltada para todos os policiais que visam aprimorar suas perspectivas físicas, táticas, psicológicas e intelectuais. Os treinamentos contaram ainda com operações aéreas e marítimas – novidade nesta edição.

Passaram pelas avaliações físicas e práticas cerca de 60 policiais, sendo que apenas 22 foram selecionados, dos quais 15 conseguiram concluir um dos cursos que mais exige do aluno, entre eles o Delegado de Marechal Cândido Rondon, Dr. Diego Valim.

“O COP atende o programa de treinamentos anual, com o objetivo de melhorar as missões policiais de alto risco de forma técnica e legal, aprendendo e aperfeiçoando novas táticas e técnicas adotadas internacionalmente em unidades de operações policiais”, falou o delegado-titular do Cope, Rodrigo Brown.

O curso, que iniciou no dia 5 de novembro, durou 26 dias, totalizando uma na carga horária de 300 horas/aulas. “Foram dias de muito treinamento, com alto nível de instrução, passando de 15 horas diárias de atividades ininterruptas”, lembrou Brown.

Cada aluno efetuou mais de mil disparos com diferentes armas (espingarda, fuzis, metralhadoras e pistolas) durante todo o treinamento. Foram ministradas aulas com munições menos letais, armas de choque, entre outros dispositivos.

Os treinamentos também aconteceram em áreas de risco, combate aproximado, abordagens veiculares, cumprimento de ordens judiciais de alto risco, operações aéreas e ribeirinhas, além ainda de muita atividade física, tanto na capital paranaense quanto em Foz do Iguaçu. “Na semana em que a turma ficou em Foz, foram ministradas diversas atividades operacionais, tanto no ar como na água, o que deixou o curso ainda mais elevado”, completou o delegado.

Durante a solenidade, o delegado-geral da Polícia Civil, Naylor Robert de Lima falou sobre a participação dos alunos. “A capacitação é fundamental para uma boa formação e o Cope tem sido reconhecido nacionalmente por este mérito de formar ótimos policiais. Parabéns a todos que vieram das mais diferentes regiões, Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Distrito Federal e Acre”.


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp