ESPORTES

Quatro Pontes usa metodologia de ensino que une esporte e inclusão social

O projeto atende mais de 550 pessoas por semana

Quatro Pontes
projeto | 20/12/2018 16h00

Encerramento das atividades aconteceu no último sábado (15) (Foto: Milena Vargas )

Da infância à terceira idade, olhar especial é voltado ao esporte em Quatro Pontes. Com a proposta de expandir a prática desportiva na comunidade, ofertando atividades que melhoram a qualidade de vida, desde a autoestima, convívio, integração social e a saúde, o município conta com uma metodologia de ensino que une esporte e inclusão social, atendendo por semana mais de 550 pessoas, a partir de quatro anos, orientadas por dez profissionais.

As atividades ofertadas de graça pelo Departamento de Esportes contemplam futsal base, futsal masculino e feminino sub-17, futsal adulto, futsal sub-20, futebol, voleibol, karatê, boxe japonês, treino misto, cross boxe, ginástica rítmica, recreação infantil, zumba, Academia da Terceira Idade e o projeto estadual “Esporte para toda a vida”. Os atletas ainda são oportunizados a participar em competições regionais e, conforme a secretária de Educação, Cultura e Esportes, Araceli Basso Tauchert, campeonatos municipais foram promovidos no decorrer do ano.

“Teve o 5º Campeonato de Voleibol Adulto, categoria amador masculino e feminino; 1º e 2º Campeonato de Canastra, adulto em dupla; 25º Campeonato de Bolãozinho de Mesa, adulto feminino; Campeonato de Bolão, feminino e masculino; 20º Campeonato de Bocha, adulto masculino; 25º Campeonato de Futsal, amador e veterano masculino; 19º Campeonato de Futebol Sete, adulto amador e veterano masculino; 4º Power Open de Artes Marciais; e o Campeonato de Futsal Categorias de Base (2009/2010, 2006/2007/2008, 2011/2012/2013 e 2003/2004/2005). Outro evento englobou a 2ª edição dos Jogos Mais Verão, no masculino e feminino de futebol de areia e vôlei de praia. Todas as competições foram saudáveis e de integração”, afirma.  

Neste ano, conta a secretária, o município também foi contemplado com o programa estadual “Esporte para toda a vida”, um convênio firmado entre o Departamento de Esportes, a Secretaria de Esporte e Turismo do Paraná e o Instituto Paranaense de Ciência do Esporte, contemplando crianças, adolescentes, jovens e seus familiares e idosos, pois visa proporcionar a prática esportiva em todas as etapas da vida, dispondo de múltiplas vivências motoras para o desenvolvimento corporal, conhecendo e aprimorando habilidades. “O programa oferta futebol, voleibol, handebol, basquete e atletismo e tem sido importante aliado para promover a integração e inclusão social, sendo um fator determinante para a formação da cidadania, estilo de vida saudável e melhoria da qualidade de vida”, aponta.

Investimentos

Aliado ao ensino, significativos investimentos foram feitos na estrutura física. O diretor do Departamento de Esportes, Davi Boufleuher, lembra-se da revitalização no Centro Poliesportivo Seno José Lang, com pintura interna e externa, somando R$ 45 mil, bem como a implantação da Academia da Terceira Idade em março deste ano, que totalizou recursos da ordem de R$ 80 mil, valor aplicado na compra de aparelhos de ginástica e adaptação do espaço físico, com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social.

“Hoje, 70 pessoas são atendidas neste espaço, sendo que as aulas gratuitas podem ser feitas por homens a partir dos 60 anos e mulheres com idade mínima de 55, sob a coordenação dos professores Edevaldo de Moura (Mico) e Djeferson Rodrigues Freitas. Elas ocorrem nas terças e quintas-feiras pela manhã, das 08 às 09 horas, 09 às 10 horas e 10 às 11 horas, e à tarde, das 13h45 às 14h45. Na terça-feira ainda há o horário das 15 às 16 horas e na quinta-feira das 16 às 17 horas. Já nas quartas e sextas-feiras, o atendimento é feito das 08 às 09 horas”, explica, enaltecendo “a Linha Flor da Serra foi contemplada com uma academia ao ar livre, somando R$ 52.750 mil. Houve o repasse de 200 camisetas, aquisição de uniforme/agasalho e camisetas para o voleibol gigante e de uniforme para o voleibol e futsal. Participamos de jogos estaduais e regionais, obtendo importantes conquistas, e recebemos vários kits do programa Paraná Mais Esporte, contendo materiais de futebol, basquetebol, vôlei de praia, xadrez, frescobol, tacobol e tênis de mesa”.

De outra parte, salienta Boufleuher, equipes receberam apoio para representar Quatro Pontes em competições, como no 42º Troféu Difusora, conquistando o 4º lugar, e na Copa Amop de Futsal, sendo vice-campeão. Apoio também é prestado às atividades de judô, artes marciais e corridas, com incentivo para inscrição e transporte.

Aulas

As aulas disponíveis no município são gratuitas e realizadas o ano todo. De zumba são ministradas pela professora Quessila Camila Baumgart Zago a 43 mulheres, nas terças e quintas-feiras, das 16h45 às 17h30 e das 18h30 às 19h20, no antigo museu, em frente à Casa da Cultura. O futsal base é voltado para crianças de cinco a oito anos, com aulas no Ginásio de Esportes Paulinho Hoffmann. Nas terças e sextas-feiras, elas são aplicadas das 09 às 10 horas pelo estagiário Douglas Perez de Paula, mediante a coordenação do professor Mico; e Alexsandro Henz é o professor das 13h30 as 15h30. Ao todo, 18 alunos são atendidos pela manhã e 25 à tarde.

As aulas de karatê, boxe japonês, treino misto e cross boxe são dadas pelo professor Michel Mathias Gish, no Centro Poliesportivo, somando 30 alunos com idade mínima de quatro anos. Nas quartas e sextas-feiras tem karatê, às 09 horas; às 10 horas boxe japonês; às 13h30 treino misto; e nas sextas-feiras, das 20 às 22 horas, treino misto junto com cross boxe. O voleibol contempla crianças dos oito anos até a terceira idade. As aulas são com o professor Juliano West Walker todos os dias e nos três turnos, no Centro Poliesportivo, reunindo 150 alunos.

O futebol atende 100 alunos de quatro a 15 anos, no campo do Centro Poliesportivo. As aulas ocorrem nas terças-feiras, das 09 às 11 horas, com o professor Mico. Os treinos do futsal sub-17 (15 a 17 anos) são às quintas-feiras, das 19h30 às 21h30, no Ginásio do Complexo Escolar, também com o professor Mico, reunindo 22 atletas. Já o futsal feminino sub-17 é para meninas acima de 16 anos, com aulas nas terças-feiras, das 19h30 às 21 horas, coordenadas pelo professor Alexsandro Henz, no Ginásio do Complexo Escolar. A modalidade é praticada por 20 jovens.

O “Esporte para toda a vida” conta com 90 inscritos e as aulas são ministradas pelos professores Mico e Walker, que coordenam o trabalho dos estagiários Andrei Juliano Anschau e Nicollly Maria Neuberger da Silva. As aulas de futsal e handebol acontecem no Ginásio de Esportes Paulinho Hoffmann, de voleibol no Centro Poliesportivo e de atletismo e futebol no campo do Centro Poliesportivo. A recreação infantil é mais uma importante atividade para as crianças de quatro a oito anos, com aulas às segundas, das 13h30 às 14h30, e às quartas-feiras, das 10 às 11 horas, sendo coordenadas pelo professor Djeferson Rodrigues Freitas e o estagiário Douglas Perez de Paula, no Centro Poliesportivo.

Já o futsal adulto oferta aulas nas segundas e quartas-feiras, das 19h30 às 21h30, no Ginásio do Complexo Escolar. Elas são ministradas para 20 atletas, com idade mínima de 16 anos, pelo professor Mico. Para essa modalidade é feita uma seletiva no início do ano, caso de fevereiro de 2019. O futebol adulto tem treinos nos sábados à tarde, das 16 às 18 horas, no campo do Centro Poliesportivo, com o professor Mico, que atende 40 alunos. E o futsal sub-20 (17 a 20 anos) oferta aulas nas quintas-feiras, das 19 às 21h30, no Ginásio do Complexo Escolar, e aos sábados, das 16 às 17 horas, no campo do Centro Poliesportivo, também com o professor Mico, reunindo 25 alunos.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp