POLICIAL

Em 8 dias, pelo menos 12 mulheres foram vítimas de feminicídio no país

No Paraná, no primeiro dia do ano, uma mulher de 25 anos foi espancada e morta pelo marido

Geral
crimes | 08/01/2019 11h34

Os crimes são praticados, em sua grande maioria, por companheiros ou ex das vítimas (Foto: © Henry Romero/Reuters )

No oitavo dia de 2019, pelo menos 12 mulheres entraram para a estatística de feminicídio. A maioria das mortes foi registrada na região Sudeste do país. Cinco delas perderam suas vidas em São Paulo, quatro no Rio de Janeiro, duas no Nordeste e uma no Sul. O levantamento foi realizado pelo UOL, que considerou casos reportados pela imprensa.

Os crimes são praticados, em sua grande maioria, por companheiros ou ex das vítimas. Foi o caso de Tamires Blanco, 30 anos, assassinada a garrafadas pelo ex que não teria aceitado o fim do relacionamento. O ato foi praticado em Piedade, zona norte do Rio. No estado vizinho, São Paulo, uma adolescente, de 14 anos, após se recusar a namorar, foi morta pelo rapaz, de 20 anos, no último dia 3.

Em Pernambuco, os primeiros dias do ano também foram violentos. No Agreste do estado, pelo menos duas mulheres foram vítimas de feminicídio. No dia 1º, Maria Rosa dos Santos, 51, foi golpeada com facão pelo companheiro, em Bezerros. Também no dia 1º, Rejane de Oliveira Silva, 24, foi assassinada a facadas na Zona Rural de Casinhas por não querer se relacionar com o suspeito do crime, 42 anos.

No Paraná, também no primeiro dia do ano, uma mulher de 25 anos, segundo a polícia, foi espancada e morta pelo marido no Balneário Inajá, em Matinhos, litoral do estado.

Com informações de Notícia ao Minuto


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp