POLICIAL

Rondonense cai em golpe de namorado virtual e perde mais de 34 mil reais

Um empresário rondonense conseguiu evitar que ela depositasse mais 21 mil reais

Mal. Cândido Rondon
golpe | 11/01/2019 18h12

Harri mecanica

Uma rondonense de 77 anos procurou a Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon nesta sexta-feira (11) para denunciar um golpe em que ela foi vítima. O namorado virtual que dizia ser dos Estados Unidos aplicou o golpe.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do AquiAgora.net, a rondonense conheceu em setembro de 2018 o suposto militar residente nos Estados Unidos. E o namoro virtual avançou para muitas conversas de WhatsApp, após muitas histórias que envolviam campo de batalha, guerra e morte de soldados, o namorado começou a pedir dinheiro emprestado. A rondonense utilizou suas economias e poupanças para auxiliar o namorado virtual. Após vários depósitos o namorado disse que havia ganho um dinheiro do governo sírio, seria uma recompensa pelo ótimo trabalho realizado, já que ele e colegas haviam guerreado com o grupo Talibã. Feliz com a recompensa, ele prometeu devolver o dinheiro para a namorada rondonense, dizendo que estava enviando por malote um milhão de dólares.

Após alguns dias, a rondonense recebeu a mensagem por WhatsApp de uma pessoa se passando como funcionaria da alfandega dizendo que o dinheiro estava retido na Alfandega e teria que depositar uma taxa de 8 mil dólares, já que o valor do malote era muito alto. A rondonense entendeu que a taxa era em reais e depositou 8 mil reais. Então, ela recebeu a mensagem de que teria que depositar o restante do valor e caso não o fizesse, até hoje, ela perderia todo o dinheiro que estava retido.

Como todas as economias da rondonense haviam acabado. Ela resolveu fazer um empréstimo em uma loja de crédito da cidade. A empresa rondonense acabou ficando desconfiada pela urgência que a rondonense precisava os 21 mil reais. Após muita conversa, o empresário Marcos, da Crédivel, conseguiu descobrir o golpe e alertar a rondonense. Na tarde de hoje, ele auxiliou a idosa que foi até a delegacia de Polícia Civil da cidade prestar queixa.

O golpe agora será investigado pela Polícia Civil da cidade, que tenta identificar os autores do estelionato.


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp