POLÍTICA

Dinheiro recebido por vereador seria parcela de um empréstimo feito à esposa do servidor

Esta informação foi divulgada pelo advogado do vereador

Mal. Cândido Rondon
'melado' | 05/02/2019 09h48

O vereador foi encaminhado pelo GAECO até a Delegacia (Foto: Cristine Kempp/AquiAgora.net )

Foi divulgado, pelo advogado do vereador Adelar Neumann, uma nota oficial com relação à prisão do mesmo, ocorrida nesta segunda-feira (04). O vereador é acusado de cobrar parte do salário de um diretor de departamento do paço municipal de Marechal Cândido Rondon.

Segundo o advogado Christian Guenther, os fatos envolvendo o Vereador Adelar Neumann estão em fase inicial de apuração. Segundo relatado pelo vereador, o mesmo teria efetuado um empréstimo para a esposa do denunciante e este teria efetuado o pagamento de uma parcela da dívida com o dinheiro que foi apreendido. O vereador nega que o denunciante tenha sido contratado pela Prefeitura de Marechal Cândido Rondon/PR por sua indicação, pois quem faz tais nomeações é o Chefe do Poder Executivo Municipal e não os vereadores. O vereador apontou surpresa com as alegações de "mensalinho", inclusive porque a sua relação com o Paço Municipal anda conturbada desde os fatos envolvendo a recente eleição da mesa diretiva da Câmara. A defesa ainda não teve acesso a toda a investigação.

O vereador continua detido na Delegacia de Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon.


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp