POLICIAL

Duas situações de desacato à polícias são registradas na madrugada deste domingo em Marechal Rondon

Um policial resultou com ferimentos

Mal. Cândido Rondon
desacato | 10/02/2019 03h46

Um policial foi ferido por um dos brigões (Foto: Cristine Kempp/AquiAgora.net )
Harri mecanica

Duas situações, que aconteceram quase que simultaneamente, foram registradas na madrugada deste domingo (10) em Marechal Cândido Rondon. As discussões resultaram com pessoas feridas, detidas e desacato à policial.

A primeira situação envolveu um caso de violência doméstica, policiais foram acionados após uma mulher ser agredida pelo esposo. Ela estava na rua, com vestes rasgadas, ferimentos e pedia por socorro. Quando a equipe policial chegou até ela, a mesma disse que o marido havia usado um trilho de ferro de uma cortina para agredi-la. No entanto, a mulher não quis representar contra o agressor. Após isto quando os policiais já saiam do local, o marido interviu ao perceber a viatura e começou a desacatar os mesmos, utilizando-se de várias palavras de baixo calão e ameaças. Policias tiveram que conter o machão. Ao perceber, que o marido ia ser levado para a Delegacia, a mulher que acabara de apanhar dele começou a defender o amado e a desacatar verbalmente os policiais. O casal foi encaminhado para a Delegacia onde continuou a desacatar as equipes polícias, onde também a esposa continuou defendendo o marido.  

Na sequência, policias foram acionados, por populares, que presenciaram um grupo brigando na Rua Independência, eles também atiravam pedras que acabaram atingindo carros que passavam pelo local. Com a chegada da equipe policial, dois irmãos permaneceram no local e transferiram as agressões aos policiais.  Os irmãos, não acataram as ordens policiais e tentaram desferir socos e pontapés nos PM’s. Uns dos PM’s resultou com hematomas no braço enquanto tentava conter os brigões.

Os irmãos que estavam feridos, da briga antes da chegada da viatura policial, foram encaminhados para atendimento médico na UPA e na sequência para a Delegacia de Polícia Civil da cidade.


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp