POLICIAL

PRF estoura depósito de contrabandistas em aldeia indígena de Terra Roxa

Foram apreendidos cigarros, essência de narguilé, drones, pneus e três carros; carga ilícita apreendida lotou um caminhão-guincho

Paraná
apreensão | 12/02/2019 15h17

A carga ilícita apreendida lotou a prancha de um caminhão-guincho (Foto: PRF/Divulgação )

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) descobriram na manhã desta terça-feira (12) um depósito clandestino utilizado por uma quadrilha de contrabandistas dentro de uma aldeia indígena em Terra Roxa, na região oeste do Paraná.

Dentro do imóvel, construído com sobras de madeiras, havia diversos fardos de cigarro, essência de narguilé, drones e pneus, entre outros produtos trazidos ilegalmente do Paraguai para o território brasileiro.

Três carros utilizados pelo grupo criminoso foram apreendidos: um Chevrolet Vectra, um Fiat Idea e um Chevrolet Meriva. Todos estavam equipados com equipamentos de radiocomunicação ilegais.

A aldeia indígena, denominada Araguaju, está localizada às margens do Rio Paraná, na divisa com o estado do Mato Grosso do Sul.

Por volta das 8 horas da manhã, uma equipe da PRF avistou pessoas carregando volumes em três carros.

Ao visualizar a viatura, o grupo abandonou os produtos e fugiu a pé, em meio a uma área de mata fechada. Até o momento, nenhum dos envolvidos foi localizado.

A carga ilícita apreendida lotou a prancha de um caminhão-guincho.

A PRF encaminhou as mercadorias apreendidas para a Receita Federal em Guaíra, onde será feita a contagem de todos os itens.


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp