POLÍTICA

Plenário da Câmara rondonense poderá ser denominado como Ariovaldo Luiz Bier

O ex-vereador faleceu em 27 de maio de 2014, em Marechal Rondon, vítima de um infarto

Mal. Cândido Rondon
Projeto | 08/03/2019 17h18

Ariovaldo Luiz Bier foi fundador do PMDB rondonense (Foto: Divulgação )

O vereador Cleiton Freitag (Gordinho do Suco), do DEM, é autor do Projeto de Resolução 01/2019, o qual pretende denominar o Plenário da Câmara Municipal de Marechal Cândido Rondon de Ariovaldo Luiz Bier, em homenagem ao ex-vereador, fundador do PMDB municipal e criador do Boi No Rolete, o prato típico rondonense.

A matéria foi lida na sessão de quinta-feira (07) e baixada à análise e aparecer da Comissão de Justiça e Redação. O vereador Ronaldo Pohl assina o projeto como coautor.

O ex-vereador faleceu em 27 de maio de 2014, em Marechal Cândido Rondon, vítima de um infarto.

Se o projeto for aprovado, todos os documentos deliberados em sessão terão a inscrição “Plenário Ariovaldo Luiz Bier”. Gordinho do Suco justificou a proposta, afirmando ser uma forma do Poder Legislativo preservar a memória de Ariovaldo Luiz Bier, que durante sua atuação como vereador foi um grande representante da comunidade.

Biografia

Ariovaldo nasceu em 1º de julho de 1943, na cidade de Erechim (RS). Mudou-se para o Paraná em 1962, casando com Carme Bier, com quem teve três filhos: Edvandro Augusto Bier, Leandro Luiz Bier e Graciela Regina Bier.

Iniciou a carreira política na cidade de Santa Helena, em 1967. Em 1972, mudou-se para Marechal Cândido Rondon onde, em 1977, assumiu como vereador eleito com 1.610 votos. Após a primeira legislatura, foi reeleito, desta vez com 2.450 sufrágios.

Fundador do PMDB no município em 25 de agosto de 1980, Ariovaldo teve a ficha de filiação de número 1. Liderou o partido com milhares de filiados por vários anos.

Durante os cerca de 12 anos em que atuou no Poder Legislativo rondonense, Ariovaldo Bier atuou pela implantação da rede de energia elétrica; e pela construção de banheiros em oito escolas do interior, além de três quadras de futebol de salão, bem como outra quadra no Colégio das Irmãs Cristo Rei. Seu trabalho ainda favoreceu a construção de dois salões nas localidades de São Roque e Rio do Sul.

Ele batalhou pela pavimentação de trechos como de Marechal Cândido Rondon a Novo Três Passos e Nova Santa Rosa; e da sede municipal até os distritos de Margarida e São Roque. Liderou projetos de asfaltamento para os então distritos de Novo Horizonte e Mercedes; reivindicou a mudança do projeto de pavimentação asfáltica de Marechal Cândido Rondon a Santa Helena para que passasse pelos distritos de Iguiporã e Porto Mendes.

Ariovaldo ainda teve participação na construção do Posto da Polícia Rodoviária Estadual, que hoje abriga a Polícia Rodoviária Federal, em Quatro Pontes.

Na área habitacional, encampou a construção de 20 casas populares no distrito de Novo Três Passos.

Devido à sua atuação, Ariovaldo Bier recebeu o título de “Vereador das Comunidades”, outorgado pelo Jornal Hoje, de Cascavel.

Como liderança, ele ainda foi presidente de várias comunidades religiosas e clubes, e Comendador do Estado do Paraná, em 1978. Foi agricultor, comerciante de veículos e corretor de imóveis.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp