POLÍTICA

Arion realiza fiscalização na concessão de casas populares

Objetivo do vereador é apurar eventuais fraudes nos programas de outorga de unidades habitacionais da Cohapar em Marechal Cândido Rondon

Mal. Cândido Rondon
legislativo | 15/04/2019 21h17

Após receber diversas denúncias de supostas fraudes na lista de beneficiados por casas populares da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), o vereador rondonense Arion Nasihgil apresentou em recente sessão legislativa da Câmara Municipal um requerimento endereçado ao Poder Executivo através do qual questiona a administração sobre os critérios utilizados para a seleção das famílias a beneficiadas. Segundo ele, as informações solicitadas são essenciais para a fiscalização destas concessões, tendo em vista que é corriqueiro o recebimento de reclamações de munícipes, que afirmam que há aparente irregularidade na outorga de casas.

Arion solicitou à Prefeitura que encaminhe ao Poder Legislativo lista com todos os contemplados com casas da Cohapar desde janeiro de 2017 até a data da resposta, com a apresentação de seus nomes, dados pessoais e detalhes da concessão. Igualmente, o vereador requer que seja esclarecido como funciona o processo de seleção e os critérios utilizados para a escolha dos cidadãos que receberão as casas; e quem são os servidores municipais, inclusive assistentes sociais, responsáveis pela avaliação de tais critérios.

“Tenho recebido várias reclamações por parte de cidadãos rondonenses que afirmam existir vícios na concessão destas casas populares. Aparentemente, há pessoas que não tem direito recebendo uma unidade habitacional. Ao mesmo tempo, temos recebido informações de pessoas que acabam sendo contempladas com mais de uma casa, sem contar aquelas que recebem o benefício, e posteriormente colocam a residência à venda, o que é determinantemente proibido”, destaca o vereador. “Precisamos fiscalizar essas concessões para que apenas quem realmente tenha direito receba uma tão sonhada casa”, finalizou.

Em outro requerimento apresentado no Legislativo Municipal, o vereador Arion Nasihgil solicitou à deputada federal Leandre dal Ponte que empenhe esforços na liberação de recursos à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Marechal Cândido Rondon.

O vereador cita que fez pedido verbal à deputada em Brasília (DF) no final de 2018, no qual foi deliberado, dentre outras pautas, sobre a viabilidade de incluir a APAE na lista das entidades a serem beneficiadas pelos repasses do Fundo Estadual de Saúde do Paraná, oriundos de emendas de autoria da parlamentar em 2019.

“A inclusão da APAE para o recebimento de verba federal neste ano seria de suma importância para o desenvolvimento dos trabalhos desta maravilhosa entidade. Já me comprometi com a nossa APAE e estou buscando recursos para ela”, garante.

Já em indicação, Arion sugeriu à Secretaria Municipal de Saúde que amplie o fornecimento de alimentos destinados a necessidades dietoterápicas específicas para crianças alergênicas e intolerantes à lactose de forma irrestrita.

“A sugestão surge após o recebimento de reclamações de mães rondonenses, que afirmam não conseguir, via Poder Público Municipal, o fornecimento de alimentos especiais como leite em pó para crianças que possuem restrições alimentares, notadamente a alergia e a intolerância à lactose, de forma contínua e irrestrita”, explica.

Conforme Arion, estas mães afirmam que a Secretaria Municipal de Saúde tem racionado o fornecimento destes itens, inclusive orientando os profissionais da área a receitarem a utilização destes alimentos especiais em quantidade menor do que o necessário.

O leite em pó especial, por exemplo, chega a custar mais de R$ 200 por lata, a qual normalmente dura de 3 a 4 dias para o consumo por bebês, gerando custos mensais extremamente elevados às famílias.

Com informações de Assessoria Vereador Arion Nasihgil


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp