COTIDIANO

Ações do Movimento Abril Verde são realizadas em Pato Bragado

A convite da Secretaria de Saúde, setor de construção civil foi instruído à prevenção de acidentes

Pato Bragado
evento | 25/04/2019 16h58

Secretaria de Saúde buscará dar sequência a programações como a de ontem (24) (Foto: Marili Koehler )

Integrantes do setor de construção civil participaram na noite de quarta-feira (24) da palestra sobre “Segurança no Trabalho”, com destaque para os riscos e acidentes, ministrada gratuitamente pela técnica em Segurança do Trabalho, Paula Graciele Kramatscheck.

O evento idealizado pela Secretaria Municipal de Saúde ocorreu na nova Unidade Básica de Saúde, como ação do Movimento Abril Verde, uma forma de promover a conscientização sobre a importância da segurança e da saúde do trabalhador, especialmente do setor de construção civil.

As abordagens da palestrante foram acerca do Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), Equipamento de Proteção Individual (EPI), o que é segurança no trabalho, bem como o acidente de trabalho, além de riscos ambientais.

Com base em dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho (OSST), ferramenta do Ministério Público do Trabalho (MPT), no Brasil, um acidente de trabalho é estimado a cada 48 segundos. Entre 2012 e 2018 (até fim de novembro), 4,4 milhões de acidentes de trabalho foram registrados. Grande parte dos casos ocorreu na construção civil, Em Pato Bragado, só nesse ano, já ocorreram dois acidentes, um com óbito e outro com perca parcial de um membro. 

Segundo a palestrante, muitos cometem atos e criam condições inseguras, ou colaboram para que continuem existindo pelo seu modo de agir, seja pelo improviso, desconhecimento dos riscos de acidentes ou excesso de confiança. “São vidas que se perdem e famílias que sofrem. Portanto, considerando a opinião dos participantes, alguns, inclusive que nunca haviam se envolvido numa palestra, nesse sentido, a Secretaria buscará dar sequência a programações como essa”, considerou o secretário de Saúde, John Nodari.

Como reconhecimento aos participantes, foram distribuídos capacetes de segurança.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp