POLÍTICA

Suspensão do mandato de Nilson Hachmann é oficializada e Câmara vai convocar suplente

Na terça-feira (28), será emitido o edital de convocação do suplente Valdecir Schons

Mal. Cândido Rondon
Suspensão | 27/05/2019 11h07

Nilson Hachmann teve o mandato de vereador suspenso pela Justiça (Foto: Cristiano Viteck )

O Poder Legislativo de Marechal Cândido Rondon recebeu oficialmente, na manhã desta segunda-feira (27), intimação do Poder Judiciário que determina a suspensão do mandato do vereador Nilson Hachmann. Conforme o presidente da Casa de Leis, vereador Claudio Kohler (Claudinho), a intimação será lida em plenário durante a sessão ordinária desta segunda-feira.

Na terça-feira (28), será emitido o edital de convocação do suplente Valdecir Schons (Paleta), com publicação em Diário Oficial prevista para quarta-feira (29). Deste modo, caso Paleta aceite assumir o cargo de vereador, ele poderá ser empossado na próxima segunda-feira (03).

A suspensão do mandato é uma das medidas cautelares impostas pelo Poder Judiciário em liminar que garantiu a liberdade provisória a Nilson Hachmann, preso no último dia 15 em operação do Gaeco - Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado.

Colocado em liberdade na última quinta-feira, Nilson deve comparecer quinzenalmente em juízo e está proibido de se aproximar ou adentrar na Câmara de Vereadores. Também não poderá se afastar da Comarca durante o andamento do processo criminal e nem manter contato com demais investigados. Além disso, para ser solto pagou fiança de 30 salários mínimos.

Nilson é acusado de ter utilizado empresas jurídicas em nome de terceiros, mas que seriam de propriedade dele, para participar de processos licitatórios e fazer venda direta à Prefeitura.  Além dele, outras cinco pessoas são investigadas.

Com informações de Assessoria


  


Comentários

ACESSAR SUA CONTA PARA COMENTAR    ou   CADASTRE-SE

Comente esta notícia

Ao enviar seu comentário você concorda com os Termos de Uso deste espaço.


 
Facebook Twitter WhatsApp